31/07 – Manifestação

Postado em 29 de julho de 2016 por Andreia Modesto

A chamada Era de Aquário, cantada em prosa e verso nas décadas de 60-70 com os “hippies”, marca um novo ciclo para a Humanidade, que tem vários sinais:

modificação no modo como se produz energia (substituição do petróleo, tão caro, pela energia solar), modificação nos meios de comunicação (computadores e celulares), revisão de valores e quebra de preconceitos, integração entre oriente e ocidente, integração entre ciência e espiritualidade, adoção da dieta vegetariana, quebra dos governos autoritários, participação do indivíduo na sociedade, busca do equilíbrio ecológico…

Para quem tem mais de 50 anos, fica muito claro que “estamos diferentes do que éramos” e que ficaremos ainda mais diferentes nos próximos anos. Vivemos mais tempo, amadurecemos mais tarde, talvez seja abolida a palavra aposentadoria do dicionário e por aí vamos…

Cresci ouvindo algumas frases feitas do tipo: “Deus é brasileiro”, “O povo brasileiro é pacífico”, “O Brasil é o país do futuro”, “O Brasil é o berço do Terceiro Milênio”. Cresci e comigo cresceu a violência desenfreada e cotidiana, o desrespeito, a sujeira, a alienação, a desvalorização da educação, a quebra moral, a falta de perspectiva que me leva a acreditar frequentemente que o inferno é aqui.

Apesar de achar uma loucura os EUA permitir a ascensão e aplaudir o louco do Trump, morro de inveja quando vejo os movimentos, encontros e toda a agitação em torno da questão política e da escolha dos governantes. O discurso de Michelle Obama apoiando Hillary é inesquecível.

A manifestação do próximo domingo é fundamental para dar continuidade ao processo de limpeza que o Brasil está vivendo, com políticos e grandes empresários atrás das grades. E para permitir que os pequenos e médios empresários possam voltar a ter trabalho.

Se você acredita que é alguém que faz parte do Terceiro Milênio, vá até a manifestação. Não ceda à acomodação e preguiça que foi comum durante muito tempo a esse povo.

É um processo de limpeza longo, pois são muitos e muitos anos de erros e enganos. Não adianta tirar meia-dúzia de ladrões, interessa MUDAR O MODO COMO SE FAZ POLÍTICA NESSE PAÍS.

E ajudar o Brasil a levantar do berço, ou seja, deixar de ser criança para se tornar um país adulto que deixe de nos envergonhar.