A Temperança.

Postado em 1 de maio de 2016 por Andreia Modesto

Touro, A Temperança e o amor são energias afins. Se perguntar a alguém bem casado há muitos anos qual foi o segredo da união, saberá que antes da palavra amor, virá: “paciência em muitos momentos…e amor sempre”.

“Amantes são pacientes, pois sabem que é preciso esperar para que a lua se torne cheia”. – Rumi

“Temperança é a árvore que tem como raiz a alegria verdadeira e como frutos, a calma e a paz.” Buddha

No jogo de Tarô, a carta da Temperança pede paciência e moderação. Seria tolice apressar decisões, pois a orientação é para aguardar e observar, avaliando todos os lados de uma mesma questão.

Assim como O CARRO é o arcano correspondente ao signo de Áries, A TEMPERANÇA é a carta do Tarô que mais se aproxima da energia de Touro. Embora a figura seja de um anjo alado e que possam existir referências ao signo de Aquário, aquela que pede cautela e ponderação é a carta que reflete a energia de Touro.

O recado é claro: uma postura amorosa tem controle, é suave e espera o melhor momento para fazer as escolhas mais apropriadas. Graciosa, elegante e tranqüila.

O anjo segura em suas mãos dois vasos e verte água de um vaso para o outro, atentamente, mas sem mostrar nenhum tipo de apreensão. Simplesmente observa. A ligação com Aquário se dá porque o símbolo do signo de Aquário é aquele que verte água para os deuses ou para os homens, considerando esse ato de “verter água” como o ato de servir (aos deuses) e doar conhecimento (aos homens).

O arcano 14 do Tarô, aquele que vem em seguida a carta da Morte, promete uma fase de tranqüilidade e controle. A paz pode ser encontrada se existir auto controle, domínio de si próprio e reconhecimento de que não se deve acelerar o passo da vida. É melhor observá-la fluindo e ganhar maturidade até que chegue outra energia e vibração.

Sei que algumas relações são feitas entre a Temperança e o signo de Sagitário, mas a carta inspira o movimento lento de Touro, podendo inclusive sugerir que os vasos que o anjo segura são vasos alquímicos, onde a vida se processa. Faria mais sentido associar O Imperador ou O Hierofante (O Papa) ao signo de Sagitário.

A Temperança, o equilíbrio, evitando-se os excessos e exageros. A ponderação, o balanceamento, o adiamento de conflitos para que se possa observar melhor uma determinada situação.