Astrodestino – Casa 12, Netuno e Peixes

Postado em 29 de março de 2011 por Andreia Modesto


“Em um nível mais profundo, a décima-segunda casa, naturalmente associada à água, Peixes e o planeta Netuno, representa a pressa de dissolução que existe em cada um de nós, uma ansiedade para voltar às águas indiferenciadas do útero materno, para o estado original de unidade”. Sasportas – As Doze Casas – Pensamento.

Especialmente, Lua, Netuno e Plutão atuam na casa 12 promovendo experiências psíquicas profundas e transformadoras. Mas nada nunca é tão simples assim. Voltando à consideração de que qualquer posição astrológica depende do contexto do mapa, é possível verificar na prática que muitas vezes os planetas da casa 12 se manifestam no plano material de forma vigorosa e não se relacionam apenas a “sensações da alma”.

A experiência me mostrou que planetas na casa 12 podem moldar o destino. Recordo de uma mulher que tinha a conjunção Sol-Lua em Áries na casa 12 com o Ascendente ainda no signo de Áries e Marte em Peixes. Era médica-cirurgiã e contou que durante a infância, já brincava de médica, preferindo fingir que abria a barriga das bonecas para operá-las a brincar de casa-comida-escolinha.

A tradicional casa dos hospitais, manicômios, conventos, mosteiros e prisões, continua mantendo tais traduções mas entrar em estado alterado de consciência não vai levar ninguém para a fogueira nos tempos modernos e se você canalizar alguma entidade da Nova Era, vai ganhar reconhecimento. Tirar férias e passar 10 dias num spa no meio do mato, jejuando e cantando mantras não é algo condenável. Ninguém vai achar você louco. Ao contrário, foi se livrar de energias negativas e vai voltar em plena forma para a loucura do mundo de Mercúrio.

A sensação que eu tenho em relação à casa 12, Netuno ou Peixes, é que as palavras jamais darão conta do que desejo expressar. E eu mesma não consigo alcançar tudo o que poderia sobre essas energias. A energia de Netuno é a mais distante de nós, mais difusa, misteriosa e por isso, inalcançável.

Quando fiz a postagem sobre Peixes, estava num momento de muito e muito trabalho, sem conseguir relaxar. Tive que me disciplinar para ficar dois dias sem trabalhar e sem atender o telefone, para que a mente se esvaziasse. Foi pouco. Fiz jejum por 24 horas e comecei a poder pensar, sentir e intuir Netuno, que não atua onde existe estresse ou pressão. A casa 12 é uma casa de não-ação e o nodo lunar sul na casa de Netuno pode indicar dificuldades em manter uma rotina de trabalho, alternando períodos longos em que a pessoa apenas lê e estuda ou reflete sobre as coisas que estão acontecendo mas sem tomar atitudes e ocupar um espaço “no mundo lá fora”.

Planeta em boa sintonia com Vênus, Júpiter, Lua e Mercúrio, é uma energia rica em interpretações. De novo, citando Sasportas: “Netuno é associado com as coisas do mundo etérico, que não podem ser necessariamente compreendidas, medidas ou vistas. Ele é a essência da forma em vez da forma em si mesma. Através da casa de Netuno é possível vislumbrar um estado de consciência mais alto ou alterado, uma visão do infinito e da eternidade e de tudo o que transcende os limites normais do espaço e tempo.”

Mas não se pode esquecer a vibração negativa, tão comumente encontrada no mundo material: alcoolismo, escapismo, esquecimento, depressão, dispersão, isolamento. Vibrar Netuno positivamente talvez seja o maior desafio astrológico. Mesmo aqueles que conseguem uma boa sintonia, podem vir carregando muitas culpas e martirizados.

Peixes ou todos aqueles que têm forte influência da casa 12 e de Netuno, precisam se recolher de vez em quando e precisam tocar nessa realidade diferente que não é a dura realidade do cotidiano.

Isso pode acontecer compondo ao piano de madrugada, fazendo filmes, fotografia, cantando, meditando a cada fim de semana, morrendo e renascendo como as duas figuras tradicionalmente ligadas a Netuno: Cristo e Dioniso.

Você pode dar uma aula sobre Peixes e Netuno começando de várias formas. Pode optar pela análise da Era de Peixes que está terminando mas que se iniciou com o advento do Cristianismo, Jesus recrutando seus apóstolos entre os pescadores, pregando valores não-materiais e tendo o batismo, imersão na água, como meio de purificação. A imagem do Redentor, da criança sacrificada, como o Cristo ou Dioniso, é uma das melhores formas de entender a energia.

Pode optar pela descoberta do inconsciente e analisar as influências do nosso “mundo de dentro”, pela análise dos sonhos, de Freud a Jung. Pode-se tentar estudar várias experiências místicas e sempre deverá reconhecer que existem limites para o que pode ser traduzido em palavras.

Existe um livro da Liz Greene, chamado Neptuno, Editora Urano, que acho que ainda não traduziram e não foi lançado no mercado brasileiro. Ela explora ao máximo a energia do planeta que nunca pode deixar de ser associado à criação e à arte. No blog, retirei um trecho desse livro para falar do “encantamento de Netuno”.

A natureza de Netuno, apesar das representações masculinas, é feminina. Seu destino, a participação mística. O problema é que o contato com o inconsciente nunca é fácil e muitos piscianos têm tanto medo de si mesmos, que se tornam ateus convictos, empurrando a sensibilidade para debaixo do tapete. É mais fácil uma mulher ser de Peixes do que um homem, pois ele terá que reconhecer o seu lado feminino, místico, a intuição e o desejo de transcender. O “pisciano-ateu”, mais cedo ou mais tarde acaba procurando respostas para seu sofrimento. Peixes não respira bem se não mergulhar periodicamente nas águas do inconsciente. Num determinado momento, um problema de saúde sem diagnóstico preciso ou uma desorientação mental podem ser os meios que a vida usa para cobrar o tal “desenvolvimento espiritual”.

Vi piscianos conseguirem uma relação tão íntima com a vida, que parece que estão sempre tomados por uma vibração superior. Nunca existe garantia concreta. O mundo material não responde a Netuno. Não existe nada além da fé e da confiança plena na vida, que conduzem Peixes, na sombra ou na luz, pelo caminho estreito e certo.

5 Comentários

  • marcelo dalla 16 de abril de 2009 em 01:15

    Obrigado por este post!!! Sou geminiano com Mercúrio na casa 6 (em Virgem) e Netuno na 12 (em Escorpião. Vivo agora uma quadratura de Netuno atual com o Mercúrio natal. Seria possível trazer para a mente concreta o inexplicável? Ai ai ai. Dá-lhe estudar e aprender a meditar. Estou lendo “Astrologia da Autodescoberta”de Tracy Marks, Ed. Pensamento. Um estudo de Netuno, Lua e Plutão. Tem me ajudado muito. Luz!!!!!

    Responder
  • Andreia Modesto 16 de abril de 2009 em 12:25

    Marcelo, a próxima postagem sobre casas será casa 6 – Mercúrio – Virgem. Bjs, AM.

    Responder
  • erika 16 de abril de 2009 em 19:46

    Ola !!

    Sou capricornio com asc em Libra e netuno em escorpião na casa 1 ,Plutao e Urano na casa XII ,caramba são mts as liçoes ??Por favor o q significa … Adorei o post ,alias adoro todos ,sao sempre iluminados . Luz e |Paz !!

    Responder
  • Andreia Modesto 16 de abril de 2009 em 20:07

    ôi erika, eu preciso ver o seu mapa todo; preciso saber a posição de Saturno e dos nódulos lunares; mas o que você já sabe, com a posição de Netuno em Escorpião na primeira e Plutão-Urano na 12 é que você tem contato direto com o elemento água; são símbolos de uma sensibilidade imensa que precisa ser canalizada da melhor maneira, sem tirar os pés da realidade

    bjs, obrigada pelo seu comentário
    AM

    Responder
  • erika 16 de abril de 2009 em 21:07

    Hey !!

    Meu saturno é em peixes na casa 6 ,e os nv touro casa7 retrogado ,descendente em Aries …Acho q é isso … adoro seus post sempre me tocam a alma e Iluminam alguma postura q devo tomar …O de hj por ex mexeu mt comigo ,qdo vc diz q a casa XII pode moldar o destino …Ai nao tive como nao sair da sombra …!! Means :Ler sempre o blog e não ter uma postura de manifestação …
    Obrigada sempre !!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *