Astrologia e Transformação – Signos e crises, elementos e mudanças

Postado em 28 de abril de 2016 por Andreia Modesto

Uma pergunta comum de muitas pessoas é: – “O mapa astral muda?”

A resposta é: – O mapa astral não muda, já que ele reflete o momento do seu nascimento, é o céu congelado nesse momento para poder ser estudado. MAS VOCÊ MUDA.

“Como assim?”

Bom o mapa astral é uma proposta, um caminho a seguir. O mapa em si não vai mudar nunca, mas o astrólogo vai estudar Trânsitos e Progressões para dar as melhores dicas para os próximos passos nessa jornada.

Você muda, você se transforma. Todos nós mudamos e a passagem da idade é o melhor espelho para isso. Mudamos o gosto, o paladar, a sexualidade, a postura, os interesses…se fazemos um flashback e retomamos atividades da juventude ou da infância, já não é mais a mesma pessoa que está ali, naquele cenário. É outra percepção, outra experiência.

Um trabalho feito por alguns terapeutas é o de equilibrar os quatro elementos no mapa astral: ar (imaginação, comunicação e ideias), terra (praticidade, determinação e produtividade), água (emoção, intuição, sensibilidade), fogo (identidade, vontade, desejo).

Existem pessoas que têm carência de um determinado elemento. Elas têm pouco elemento terra, por exemplo. Então, através de alinhamento de chacras, florais, exercícios diversos ou muita conversa sobre pontos importantes da vida daquela pessoa, é possível fazer com que ela desenvolva mais o elemento terra. Essa pessoa precisa ser mais persistente e realizadora, pois a função do elemento terra é DAR FORMA às ideias, começando por dar uma boa forma ao próprio corpo cuidando da saúde.

É importante saber os Trânsitos e Progressões, pois os trânsitos de Saturno serão fundamentais nesse exemplo que dei, sendo o principal planeta do elemento terra, aquele que nos ajuda a firmar no mundo material, aceitar essa encarnação e fazer o melhor dessa oportunidade. Acompanhar Mercúrio e Vênus também é importante.

Então, se alguém precisa se tornar mais “terra”, o que equivale a se tornar mais prático, objetivo e realista e Saturno estiver transitando sobre Sol, Mercúrio ou Ascendente, pode ser o momento mais favorável para o processo. Se for Netuno, Plutão ou Urano o planeta dominante daquele momento, talvez o desafio seja maior, mas, será sempre possível se conectar com a energia terra, aceita-la e promover uma absorção melhor dessa energia.

No exemplo do elemento terra, um fisioterapeuta pode ajudar também, já que é o elemento da coluna, dos joelhos e mudando o modo como nos colocamos no mundo, podemos acessar essa praticidade e firmeza dentro de nós, sem chegarmos na rigidez daqueles que possuem excesso de elemento terra.

Alguns fatos marcantes da vida nos transformam radicalmente, sem nenhum processo terapêutico ajudando. Pode ser a superação de uma doença grave ou um período de restrições alimentares. É tão real o fato de que as pessoas mudam que basta estar apaixonado para “parecer outra pessoa”. É comum que os amigos comentem: “Você está diferente, acho que está apaixonado”.

Então, todo processo de mudança, consciente ou inconsciente, pode ser abordado pelo mapa astral. Pode ser promovido por terapeutas com ou sem o conhecimento do mapa, pois existem sempre muitas outras ferramentas para o autoconhecimento. Mas, o mapa sempre ajuda muito, pois permite pelo estudo dos Trânsitos e Progressões que se perceba o que é que o destino está querendo de nós naquele momento.

Mais um exemplo: se temos Mercúrio retrógrado no mapa de nascimento, é possível acompanhar, nas progressões, quando Mercúrio se torna direto; e nos trânsitos, os momentos em que o Mercúrio daquele ano está retrógrado, para sabermos um pouco mais sobre nós mesmos e nossa forma de expressão, melhorando e aprimorando a comunicação.

Poderemos nos comunicar com mais clareza, fluência, espontaneidade e vencer bloqueios e inseguranças. Um dos melhores filmes sobre mudanças na personalidade é “O Discurso do Rei”, um filme britânico sobre as dificuldades de comunicação de Jorge VI, um rei tenso, tímido e gago.

A vida acaba nos transformando queiramos ou não. Se resistimos e mostramos rigidez, a dor será muito maior. Nem sempre são mudanças revolucionárias, mas são transformações que nos levam ao crescimento. Sementes caem na terra para morrer e frutificar. Nós também.

“Existem duas vidas. A segunda começa quando tomamos consciência de que existe apenas uma”. Confúcio

“Minha vida mudou. E eu mudei com ela”. anônimo

“O segredo da mudança é não perder energia lutando contra o passado, mas concentrar forças para construir um novo futuro”. anônimo