Astrologia e Vocação – Signos e Sucesso 3

Postado em 2 de junho de 2012 por Andreia Modesto

Não me estendi tanto sobre o elemento AR e o elemento ÁGUA. Mas acho que dá para transmitir uma boa idéia. Desde a primeira postagem eu misturo um pouco das informações sobre todos os signos de modo que fique menos esquematizado e a leitura possa fluir de modo mais fácil. Não tive tempo de revisar os textos e já identifiquei alguns erros pequenos de digitação mas não prejudicam a compreensão final.

ELEMENTO AR

Nosso planeta se chama Terra mas vivemos num tempo de comunicação, ou seja, num tempo do elemento ar.  Será que Gêmeos, Libra e Aquário têm algumas vantagens? Se vibrarem suas energias de modo positivo e evitarem a dispersão, é possível que o vento sopre a favor.

A maior qualidade do elemento ar é a capacidade de adaptação, o desejo de interagir com as outras pessoas, a fluência com a palavra, a boa disposição em ouvir e ajudar a outras pessoas.

Mas podem pertence a cenários bem diferentes. Aquário rege o Terceiro Setor e dos três signos é o mais veloz e inquieto. Não é tão diplomático quanto Gêmeos e tão sofisticado quanto Libra. Pode parecer um furacão e sua função é dar uma boa virada na mesa, despertar, como está em escrito em todos os manuais, abrir uma nova consciência.

Os signos do elemento ar estarão presentes na Publicidade, nas Artes, em todo lugar em que seja preciso linkar pessoas e pessoas, ideias e pessoas, de um modo mais arrojado ou de um modo mais tradicional. Quem tem boca vai a Roma, quem procura, acha!

O elemento ar e o elemento água podem ter um pouco mais de sorte? Na verdade, tudo depende da postura diante da vida. O elemento fogo é considerado como um elemento de muita sorte pelo brilho e calor que irradia de forma natural.

O que se pode chamar de “sorte” no caso do elemento ar são os encontros aparentemente casuais, estar no lugar certo na hora certa para fazer o contato certo. Mas isto pode se chamar sorte? Ou o elemento ar fez o movimento certo e por isto o destino respondeu?

É um elemento social, precisa de pessoas, eventos, encontros, rua, passeios, viagens, conexões. Não pode ficar preso entre quatro paredes numa criação solitária, a menos que de vez em quando quebre com tal rotina para ver o que acontece “no mundo lá fora”, pois é uma energia de expansão.

Comissários de bordo, vendedores, diplomatas, professores, publicitários, jornalistas, editores, designs, enfim, todos os que se utilizam do mundo das ideias e das palavras precisam ter o elemento ar bem desenvolvido dentro do mapa astral.

É verdade que ter o Ascendente em Gêmeos, Libra e Aquário podem facilitar um bocado a vida. Desde que não sejam na cúspide ou os signos de terra – Touro, Virgem e Capricórnio podem tornar  a trajetória mais lenta.

Curiosos, inteligentes e rápidos de raciocínio, os três signos do elemento ar se alinham com os tempos modernos e vão ocupando espaço, experimentando funções, dando as mãos para outros signos e realizando muitas coisas.

O guia de turismo, o assessor cultural, o assessor de imprensa, o corretor, aquele que vende, que orienta, que dá a dica e a boa palavra, o ator, os criadores em qualquer área, são regidos pelo elemento ar.

Se o elemento fogo tem a preocupação – mesmo que inconsciente – em brilhar,  o elemento ar quer dividir. Trabalha bem em equipe e sabe pensar e realizar junto.

O maior problema é querer fazer tudo ao mesmo tempo. Dependendo da estrutura do mapa, vão conseguir fazer um pouco de tudo e fazer bem feito. Mas isto vai depender da estrutura do mapa. Se o Nodo Norte estiver em Áries, a dispersão se tornará o grande vilão. De novo é preciso tomar cuidado com a tendência a experimentar muitas coisas sem definir nada. Se o Nodo Norte estiver também em um dos signos do elemento ar, então a coisa muda de figura e é possível seguir dois caminhos profissionais ao mesmo tempo sem que haja prejuízo no resultado final.

Se alguém precisa de um bom coringa, pode chamar Gêmeos.  Se alguém precisa de um parceiro com boa vontade, pode chamar Libra. Se alguém precisa de uma energia de inovação, deve apelar para Aquário. Novos ares, novos caminhos, novos resultados.

Nenhum dos três signos é muito organizado. Dos três, Libra é o mais conservador mas a função do elemento ar não é organizar e sim expandir. Então, que outros se ocupem da parte administrativa enquanto o ar pensa, cria ideias e transmite a outras pessoas.

É um elemento muito rico e por ser inteligente, não raro também aparece nos mapas de engenheiros ou matemáticos, pois dois mais dois faz quatro.

Um problema para o elemento ar e também para o elemento água pode ser a necessidade de liderar, tomar decisões, estar no comando, numa expressão banal: “saber mandar” – são elementos que gostam de agregar e podem ter dificuldades na hora de exercer a liderança que precisam exercer – dependendo da situação. Um barco precisa de um capitão e mesmo que ele seja bastante simpático e interessado em ouvir as necessidades da tripulação, não pode deixar o barco à deriva.

ELEMENTO ÁGUA

O elemento água, Câncer, Escorpião e Peixes, é o elemento mais rico, misterioso e profundo, o que pode tornar a realização profissional mais complicada pelo fato de querer fazer tudo ao mesmo tempo ou ter grande dificuldade em escolher uma estrada só.

O elemento água oscila, faz marolas e por isto pode pensar e sentir de um modo diferente em curto espaço de tempo.

Câncer, Touro, Libra e Leão podem levar para a arquitetura e decoração. Peixes, Câncer e Escorpião podem seguir na Medicina e Psicologia. O eixo Escorpião-Touro segue na linha das finanças. Câncer, Gêmeos e Leão vão para a Pedagogia.

Escorpião e Câncer são signos de herança e podem se ver presos à estrutura da empresa dos pais sem muita chance de fazer algo diferente.

Peixes pode seguir na fotografia ou cinema, seja na frente ou por detrás das câmeras.

O elemento ar e o elemento água podem ter uma dificuldade maior na definição do caminho a ser seguido.  A água é pura emoção e pela doação espontânea do elemento, pode ter dificuldades em cobrar, entendendo, que o dom recebido deva ser doado às outras pessoas sem nenhum tipo de retorno.  Canta, dança, representa ou atende gratuitamente. Não cobra dos amigos e muitas vezes se esgota, como o caso da professora de inglês que coloquei num outro parágrafo.

Mas como é o elemento do “oito ou oitenta”, você pode encontrar Escorpião no comando da grande empresa ou banco, Peixes como um maestro reconhecido mundialmente e Câncer como o empresário na área da moda de praia com a sua marca sendo vendida em vários países. Tudo vai depender de como se canaliza essa energia que pode ser o rio que fertiliza ou o maremoto que não permite nenhuma estabilidade.

Altos e baixos emocionais podem levar alguém a se ausentar do mercado de trabalho ou a transferir questões familiares e afetivas para dentro do escritório. Negativamente, pode ser o funcionário que espera que o chefe seja sempre um bom paizão. Positivamente, pode ser o funcionário que se sente integrado à grande família e veste a camisa com todo o coração.

O melhor tempero para o elemento água é o elemento terra, que traz a noção dos limites, dá a margem, permite o escoamento da sensibilidade na direção certa. O melhor tempero para o elemento terra é o elemento água, que permite que a função não seja desempenhada com austeridade e rigidez mas também com emoção e afetividade.

O ideal é que todo o mapa seja vivenciado de um modo equilibrado, se aproveitando o melhor de cada elemento. E é preciso entender que a satisfação pessoal não está na mesma proporção do reconhecimento das outras pessoas. Muitas vezes recebo pessoas que estão no auge profissional mas se sentem tão pressionadas que são bem menos felizes do que outras que encontram outras formas de realização pessoal além da carreira.