Astrologia Kármica e Mapa de Previsões. Astrologia Mitológica.

Postado em 12 de novembro de 2013 por Andreia Modesto

Essa enxurrada de textos sobre Astrologia Kármica é porque um cliente ficou muito dilacerado entre pedir o estudo das previsões para 2014 ou o estudo kármico.  Sugeri a ele que pedisse primeiro a leitura para 2014, Trânsitos, Progressões e Revolução, já que o mesmo está insatisfeito com o trabalho e procurando dar uma virada profissional bem radical.

A leitura para 2014 e 2015 (procuro ir até pelo menos julho-agosto de 2015) não vai excluir a questão kármica. Embora ele esteja muito ansioso, ele tem uma proposta de vida mais conservadora. A Astrologia não vai pregar que ele se acomode, mas pode sugerir uma transição menos traumática do que pedir demissão, perder todos os seus direitos e não ter  nenhum caminho bem definido em vista.

Se a proposta do karma fosse mais arrojada, ele poderia se jogar no abismo, tirar um ano sabático e depois pensar o que iria fazer da vida. Mas tem um destino regido por Saturno, é responsável por filhos de um primeiro casamento e ajuda financeiramente o sobrinho e a irmã.

Então, Saturno cria cenários que o limitam e que exigem que ele faça essa transição com mais lentidão do que gostaria. Mas, aprende com esse planejamento e evita se machucar, se queimar no mercado e prejudicar as pessoas ao seu redor.

Esse é só um exemplo. No mapa de previsões, as respostas podem ser dadas não somente por Saturno, mas por qualquer outro planeta. Urano pode indicar um caminho dentro de T.I. – tecnologia da informação ou exigir estudos de novos idiomas para dar o pulo profissional mais à frente; Júpiter e Mercúrio pedem viagens frequentes a passeio para tirar o foco do ambiente de trabalho pesado; Plutão confirma que vai existir mudança profissional, mas junto com Vênus, indica que pode existir um remanejamento dentro da própria empresa, numa movimentação horizontal. Enfim, é preciso ver cada planeta, reconhecendo que a batuta do maestro Saturno é quem comanda a situação toda.

A Astrologia Kármica não é uma Astrologia mágica. O que o cliente descobre na consulta, é o que ele já sabe ou intui. Tem dificuldades nos relacionamentos amorosos, é inquieto nas relações profissionais, é competitivo demais ou o contrário: vive num planeta diferente, cheio de sonhos e fantasias que não consegue trazer para o plano material. Tem uma relação de madrasta e branca de neve com a mãe ou tem um pai que inverteu os papéis e pede ajuda e apoio para quem ainda não fez 18 anos. Ou lida com alguma doença congênita que não o impede de realizar muitos projetos, mas limita algumas experiências.

A Astrologia Mitológica faz parte da Astrologia Kármica. É outra linha. Pois a India desconhece os deuses gregos. Não há espaço nessa postagem para falar sobre a Astrologia Mitológica. É só mesmo para esclarecer que no momento em que um astrólogo opta por uma linha de leitura, ele será fiel a essa linha. Então, sinastrias, mapas de previsões, todas as abordagens possíveis, são submetidas à visão kármica que acredita que existe um sentido maior para a vida de todos nós.