Ciclos e a hora certa de fazer o mapa astral

Postado em 26 de maio de 2016 por Andreia Modesto

Muitas pessoas acreditam que só podem fazer a leitura do mapa astral perto do aniversário. E algumas afirmam que é preciso fazer antes, outras dizem que é preciso esperar passar a data. Se alguém faz a leitura do mapa astral um pouco antes do aniversário, é possível dar a hora da Revolução Solar e sugerir algum pensamento ou meditação.

Mas, o mapa astral é uma ferramenta de autoconhecimento que pode ser consultada a qualquer momento que se precise ou deseje. Não há nenhum data “ideal” para fazer a leitura do mapa, sendo que existem vários ciclos que são tão ou mais importantes do que a virada do aniversário. Já comentei em outros posts sobre os grandes planetas cruzando o Ascendente, ponto mais vulnerável para qualquer mudança segundo a tradição.

Não é preciso estar a alguns dias do aniversário para sentir as influências de Plutão trino Lua ou Urano oposição Sol. E as progressões de Lua pelos quadrantes são suficientes para abrir capítulos completamente novos e diferentes nas vidas de todos nós.

Saturno ou Urano se aproximando do Ascendente e enviando aspectos para Lua ou regente do Ascendente são arautos de novos tempos, mesmo que ainda faltem uns 8 meses para a virada do aniversário.

Um trânsito importante e pouco explorado é a passagem do Sol pela casa 12 e cruzando o Ascendente. É preciso conhecer o grau do Ascendente e o grau da abertura da casa 12. E ir acompanhando esse momento que acontece uma vez por ano e que pode ser também considerado um tipo de renascimento. Os trânsitos de Lua pelo Ascendente têm impacto menor, mas são importantes também para eventos menores como início de dieta ou mudança de residência (a mudança em si, o dia em que se assume o novo espaço), renovação de guarda-roupa, corte de cabelo…

Voltando ao trânsito do Sol pelo Ascendente – pelo grau exato – e a análise desse período de mais ou menos 60 dias – desde que entra na casa 12 até que termine o trânsito dentro da casa 1 – seria mais favorável (em teoria) para questões relacionadas com o “mundo objetivo”: saúde, trabalho, poder pessoal, finanças. Decisões sobre experiências bem objetivas e não tão internas.

O trânsito da Lua pelas três casas de água, casa 4, casa 8 ou casa 12 pode ser usado como processo de eliminação e seria perfeito poder iniciar algum processo de desintoxicação físico, mental, espiritual ou emocional durante esse período. Mas não se pode confundir o trânsito da Lua – que pode ser acompanhado por todos no calendário e as progressões de Lua, que são mais fortes e que precisam ser calculadas individualmente, por cada mapa astral.

Abrimos muitos ciclos, começando pela respiração. Inspirar, expirar. Então, se estamos vivos, pulsando e querendo saber um pouco mais sobre nós, todo momento é momento de consultar o mapa astral e obter orientações precisas de acordo com nossa proposta de vida.