Idealismo – Elemento ar: Libra, Gêmeos, Aquário e os outros signos

Postado em 9 de outubro de 2016 por Andreia Modesto

Idealismo é uma palavra do elemento AR – Gêmeos, Libra e Aquário. Porque é o elemento do pensamento e imaginação. Idealizar significa colorir alguém ou algo de cores e formas que ele, na verdade, não possui. É querer que o outro seja aquilo que gostaríamos ou precisaríamos que ele fosse.

Libra idealiza o parceiro afetivo e o próprio casamento.

Aquário e Gêmeos idealizam os amigos, sendo que Aquário também idealiza os grupos, sejam partidos políticos ou associações para trabalhos voluntários.

Áries, Leão, Sagitário e Capricórnio idealizam os pais e a si próprios, tendo um grau de exigência muito alto, quase desumano. Falhas e fraquezas? Difíceis de suportar.

Câncer e Leão idealizam os filhos. Câncer idealiza todo  núcleo familiar. Gêmeos, Virgem e Aquário idealizam os irmãos.

Virgem e Capricórnio idealizam os chefes e pretendem ser como eles.

Sagitário, Escorpião e Peixes idealizam os gurus, os mestres espirituais, os mentores e orientadores na vida. É grande a decepção, quando são obrigados a reconhecer que o outro é só mais um ser humano em busca de verdades, e comete muitos erros.

Escorpião e Libra podem idealizar os sócios, acreditando que possuem mais experiência, competência e sorte com dinheiro do que eles próprios.

Touro talvez idealize a importância da segurança material, para descobrir um dia, que ainda falta muita coisa para se sentir realmente feliz, e  que o dinheiro também trouxe problemas.

É comum que as pessoas idealizem que morar em outra cidade ou em outro país pode ser a chave da felicidade. Para algumas realmente vai fazer sentido e o sonho corresponderá à realidade.

Mas, a maior parte dos meus clientes que tentou, ainda na juventude, morar numa cidade de praia ou no interior, voltou rapidamente para a poluída e barulhenta São Paulo. Entediados, surpresos com a cabeça pequena e o preconceito dos nativos, falidos financeiramente, já que descobriram que “naquele paraíso” não se prospera.

O idealismo é um véu espesso cor-de-rosa, que jogamos sobre tudo o que não conhecemos direito e não nos permitimos aprofundar. O idealismo sobre aqueles que nos são próximos e queridos é constante e pode trazer muito sofrimento nas relações.

Normalmente, queremos que os outros que amamos sejam do modo como imaginamos, porque dessa forma poderíamos ajudá-los muito mais e as coisas para eles poderiam ser mais fáceis.

Quando descobrimos que eles são “outras pessoas”, normalmente temos que reconhecer que possuem as mesmas dificuldades e fraquezas que nós, são como espelhos, que nos recusávamos enxergar.