Ingresso do Sol em Sagitário 21/11 – 19 horas 22 minutos

Postado em 20 de novembro de 2016 por Andreia Modesto

Sol em Sagitário amanhã, dia 21, segunda, 19 h 22 m – já descontado o horário de verão – sugere alegria, fé e retomada da esperança. Depois do mergulho de Escorpião bem fundo em nós mesmos, não há outro movimento que não seja para cima, em direção a luz que Júpiter, planeta regente de Sagitário representa.

A confrontação com nossos fantasmas ou demônios (Escorpião) é o degrau necessário para a compreensão de nossa trajetória (Sagitário) e a determinação de metas ambiciosas, no bom sentido. Quanto mais profundo tiver sido o mergulho, mais longe poderemos ir na expansão sagitariana.

O eixo Gêmeos-Sagitário se refere ao modo como lidamos com o conhecimento e o quanto nossa vista alcança. Gêmeos busca um conhecimento horizontal, sabendo um pouco sobre tudo, nada em grande profundidade.

A curiosidade e inteligência de Gêmeos – tão importante no mundo em que vivemos – se ocupa de informações práticas e interessantes. Tem a capacidade criativa de linkar as informações e consegue ser original e didático.

Você conversa sobre todos os assuntos do momento, no banco do metrô, no ponto de ônibus ou dentro de sala de aula, mas não existe um total comprometimento com a verdade, ou a diplomacia geminiana voaria pelos ares.

Sagitário procura sua verdade e descarta o que não interessa. Consegue um foco e um comprometimento com o conhecimento que faria Gêmeos bocejar nos primeiros 15 minutos. E enquanto Gêmeos se diverte na festa do primo ou amigos próximos, Sagitário gosta de caminhar sozinho por alamedas onde não existe a menor chance de encontrar quem fale a sua língua.

A imagem sagitariana do aventureiro é real. Mas, é também um signo masculino de autoridade, poder, liderança, realização e pode ser bastante conservador.

Existem tipos e tipos de signos. Mulheres sagitarianas são naturalmente independentes, salvo se o mapa astral comportar muitas outras influências de Libra, Touro ou Câncer. Homens sagitarianos estão muito bem no papel de conquistadores, chefes e também sábios, juízes e professores.

Um signo que pode ser rude, pela franqueza e comprometimento com a verdade, mas pode ser também inspirador, pelo desejo de sempre ir mais além. Respeitado por todos, faz valer sua autoridade e encontra a melhor solução.

Na Mitologia, Zeus-Júpiter julgava frequentemente. Era completamente parcial, deixando muito claro quem eram seus preferidos.

Punia severamente, perdoava sem dificuldades e ainda consertava a situação recompensando e oferecendo benefícios. Sem descer do pedestal, mandava Hermes-Mercúrio resolver os problemas pessoalmente.

Mas nunca deixava de atender às solicitações daqueles que precisavam de ajuda. Tinha explosões de raiva e impaciência, perseguia deusas, ninfas e mortais, fazendo nascer heróis, povoando a terra.

Ninguém expressa apenas um signo. Não somos signos. Somos um todo, pois nosso mapa astral contém um pouco da energia de cada um dos doze signos. Sem a energia geminiana não conseguimos muita coisa nesse mundo material, pois é preciso ter uma comunicação fácil, agradável, simpática.

Mas é nosso lado Sagitário que nos ajuda a pular da cama com muita fé. E mais: esperança, vontade, crença positiva e uma confiança total na vida. Como Aquário, um signo do “amanhã”, do futuro que acena com a sabedoria obtida pelos passos certos, incertos, tropeços e escorregões.

Se você tem metas para muito além de ter uma boa casa, uma relação afetiva estável e um salário fixo, você está em total sintonia com o seu lado Sagitário. Vá mais longe!

Feliz ciclo novo!