JÚPITER EM ESCORPIÃO 2017-2018

  • 23 de setembro de 2017

Júpiter em Escorpião 2 – Fênix – O planeta Júpiter, associado a riqueza, sorte e expansão, entrará no signo de Escorpião no dia 10 de outubro. É um posicionamento inquieto e que pode se traduzir de muitas formas diferentes.

Não é difícil dar uma aula sobre Júpiter, mas uma aula em Escorpião pode não ter fim. Como signo do elemento água, é profundo e misterioso e mesmo depois de se passar dias falando sobre o que Escorpião representa, vamos ter a sensação de que “faltou dizer algo”.

Em teoria, Peixes, como último signo do Zodíaco e como terceiro signo do elemento água, o mesmo elemento de Escorpião, deveria ser muito mais rico e trabalhoso para se explicar. Mas não é. Já pensei muito sobre essa questão, e deduzi que:

– talvez Peixes até seja muito mais rico, misterioso e profundo, mas pelo fato de já ser uma consciência mais distante do ser humano, não conseguimos apreender.

– talvez Escorpião seja realmente mais complexo e intrigante, pelo fato de manter um pé no plano material e outro no plano espiritual: enquanto Peixes já transcendeu e por isso não o alcançamos mais, Escorpião ainda é próximo, fazendo essa ponte entre o material e o espiritual; enquanto Peixes já é a borboleta que se afasta rapidamente no voo colorido, Escorpião é o processo da lagarta que se transforma no mariposa bonita e por isso nos seduz e nos deixa tão fascinados.

A entrada de Júpiter em Escorpião pode sugerir algumas traduções não muito leves. A primeira coisa que me veio à cabeça foi o aumento das doenças sexualmente transmissíveis e o aumento da gravidez entre adolescentes. Escorpião é prá lá de fértil. Por outro lado, é possível que os cientistas consigam chegar ainda mais perto da cura para doenças como o câncer e como a própria AIDS.

Na brincadeira entre as duas crianças Trump e Kim Jong-un, o planeta no meio, vai tremer. Oremos por uma solução pacífica, pois é tão patético que às vezes me sinto num filme de ficção, mas sabemos que uma guerra verdadeira não interessa nem de um lado e nem do outro.

Existe uma tradução bem interessante para Júpiter em Escorpião, que é inspirar a justa medida para a resolução de qualquer tipo de problema. Enquanto Júpiter vê a vida sempre pelo lado mais luminoso, o que pode gerar grandes equívocos, Escorpião pode colocar um óculos cinza-chumbo e ficar no chororô. Nem uma coisa e nem outra.

Escorpião pode reconhecer que temos problemas a resolver. E são graves. Júpiter cheio de otimismo se envolve na busca das soluções para os mesmos. Não é raro que aqueles que brilham muito como Áries, Leão e Sagitário, tenham grande dificuldade em ouvir que algo não vai bem ou que algo pode vir a falhar. Do mesmo modo, Câncer, Escorpião e Peixes podem acreditar que não têm potência para consertar ou melhorar o que é preciso.

Um planeta do elemento fogo num signo do elemento água não está confortável, mas por isso mesmo, pode promover a consciência e a iniciativa para se transformar o que é urgente se transformar.
Vou fazer uma relação das possibilidades de tradução de Júpiter em Escorpião, sabendo que muitos apostarão na iminência de uma guerra. Mas, eu acredito e espero que não.

A questão da violência no mundo, de modo geral, poderia ser finalmente abordada e enfrentada de modo a ser resolvida. Será? Parece utopia, mas não custa sonhar ou pelo menos, desejar que ocorra.

Não é um bom mundo aquele em que se tem medo de chegar à casa à noite e ser surpreendido por bandidos, ou ser criticado por dirigir com a bolsa no banco ao lado por “provocar” o assaltante que quebra o vidro.

Temos vivido uma onda de violência, não somente a nossa violência brasileira, capaz de superar estatísticas de guerra, mas novamente a violência contra os negros e imigrantes nos EUA, assim como o renascimento do nazismo na Europa e tantos outros exemplos de intolerância por qualquer outro território do planeta. Tomara que Júpiter traga luz e soluções.

Escorpião rege:

Relacionamentos, parcerias, associações de negócios – vou abordar esse tema no “live” de segunda-feira, dia 25, na Veja São Paulo, quando falar da vida financeira dos doze signos; uma das palavras-chaves de Escorpião é fusão. Então, empresas que vão se conjugar, que vão se fundir, várias parcerias, soma de conhecimentos e experiências profissionais poderão resultar em bom retorno para o bolso.

Casamento amoroso – e as pessoas vão continuar casando e acreditando nas parcerias motivadas pelo coração, não importa quais sejam as orientações afetivas e sexuais que tenham. Júpiter em Escorpião tanto pode ajudar na reconstrução de um casamento que já terminou, casando-se ainda aquelas duas pessoas em novas bases, como ajuda a resolver divórcios e se abrir imediatamente para uma nova relação.

Sexo – A questão da identidade sexual já tem sido abordada de modo direto. E é possível que existam maiores conquistas dentro desse campo.

Espiritualidade – Talvez surjam novas crenças ou novas práticas para conexão com uma consciência superior. A ciência já se ocupa de provar que a consciência pode existir fora do corpo e muitos desses estudos se baseiam nas experiências de algumas pessoas que no limiar da morte (pós-morte ou quase morte). Pode existir um crescimento maior desses estudos, com um reconhecimento maior da comunidade científica.

Poderão existir muitos pontos em comum entre os espiritualistas, os médicos, os cientistas de diversas áreas e os psicólogos. Cada vez mais poderá ficar claro que, com linguagens muito diferentes, todos estão dizendo mais ou menos a mesma coisa.

Morte – Existem movimentos para que a eutanásia seja aprovada para pacientes terminais que não queiram prolongar seu sofrimento e o sofrimento de parentes. Em alguns países já é permitida e poderá ser legalizada em muitos outros.

Escorpião é um signo de dinheiro. E também é um signo de transformação. O dinheiro “mudou de mãos” nos últimos 40 anos. O mundo se transformou numa velocidade imensa e novas profissões substituíram outras.

Escorpião é um signo de riqueza. Touro e Escorpião formam o eixo tradicional de dinheiro. Enquanto Touro acumula, Escorpião libera. Escorpião é um signo de investimentos, transformação de elementos, mudanças.

Acredito que a preocupação em recuperar, reciclar, transformar a matéria para que possa ser utilizada de outra forma, ganhe mais espaço. Escorpião é generoso, nunca acumula. Espero ver movimentos de solidariedade e trabalhos voluntários de doação sendo mais incentivados.

Acredito que em muitos níveis será possível que “segredos venham à tona”. Se pensarem, com propriedade, que já estamos vivendo esse processo no país, com tantas delações e punições já há anos, é preciso lembrar que Plutão transitando por Capricórnio e Saturno transitando por Libra, Escorpião e Sagitário ajudaram nesse processo. E com Júpiter em Escorpião poderá existir um aceleramento maior.

Também acredito que muitas reservas de riquezas no fundo do mar ou da terra possam ser encontradas, mas espero que se mantenha uma coerência em preservar parte delas.

Escorpião é um signo que pode dar uma boa virada na vida. Um signo-fênix. Ao invés de recuarmos diante dos problemas que temos, é hora de enfrenta-los. Jogar o bicho-papão para debaixo do tapete ou fazer de conta que ele não está ali, só piora a situação.

Júpiter em Escorpião poderá nos fazer encarar de vez todos os fantasmas e resolver jogar luz sobre eles, através de um comportamento diferente, rupturas, renegociações, contratos, enfim, vai depender do que se trata o fantasma, se é o descontrole financeiro, o vício pelo chocolate, a preguiça ou a dependência do apoio financeiro dos pais aos 40 anos – ou qualquer outro ghost que nos assombre a vida.

Bom, quis arrumar um pouco as ideias e com certeza deixei de falar muitas coisas sobre Escorpião, pois o signo parece inesgotável.
Júpiter em Escorpião é um símbolo de transformação total. Não apenas superficial ou ensaiada, mas uma virada do avesso em busca da verdade.

Se você duvida da sua capacidade de se transformar, lembre-se que as células do seu corpo se renovam rapidamente. Se a renovação celular é parte da vida do corpo físico, porque não haveria de ser também para nossa mente e coração?

No “live” da Vejinha São Paulo, pelo Facebook, dia 25, segunda, 18 horas, as previsões-orientações serão focadas nos signos solares, valendo também para os signos ascendentes.