Lua Cheia em Peixes e ingresso do Sol em Libra; Mercúrio direto e Vênus em Escorpião – Horóscopo de 16 a 25/09.

Postado em 15 de setembro de 2016 por Andreia Modesto

 “Se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente divino – o amor.”– Carlos Drummond de Andrade

Amanhã, dia 16 de setembro, Lua Cheia às 16 horas 07 minutos, eclipse lunar, fase em que buscamos a companhia das pessoas, reconhecendo que não nascemos para a solidão. Não projetamos sobre elas nossas fraquezas ou frustrações.

Com Urano em oposição a Vênus, o recado é que só pode existir amor verdadeiro se ele for completamente desinteressado. Quem ama deseja que o outro se desenvolva e tenha experiências próprias. Quem ama admira, incentiva, acolhe, mas não sufoca.

Com Quíron conjunto a Lua em Peixes, é preciso reconhecer que a expressão “amor doente” não existe. Amor não pode ser doente, não pode fazer sofrer, não pode impedir, travar ou paralisar. Deve ter outro nome esse sentimento que rouba o nome do amor.

Dia 16 ao dia 22 de setembro: várias mudanças no céu. Mercúrio direto, ingresso do Sol em Libra (22/09, quinta-feira), Júpiter e Sol anunciando a Primavera e a abertura do ciclo de Vênus, deusa do amor.

Dia 23, Vênus entra em Escorpião, signo intenso e misterioso, generoso e transformador. Bom recordar que o amor não é presente apenas no romance, nos pares apaixonados que procuram a lua e as estrelas como testemunhas do encontro.

Amizade, amor, companheirismo. Algumas pessoas nos fazem sorrir quando lembramos delas. Nos perfumamos mais, dormimos menos, pela ansiedade em vê-las.

Amar é verbo intransitivo, disposição, tendência, talento natural, assim como respirar. Você não presta atenção e acontece o tempo todo.

Mesmo que você não saiba ainda se a amizade ou o amor são correspondidos, uma coisa é certa: você já está muito mais feliz e rindo à toa.

“Bons amigos são como estrelas. Você não consegue vê-los o tempo todo, mas sabe que eles estão sempre lá”. Anônimo na web

“Devemos insistir no desenvolvimento do amor, da compreensão, da gentileza e da paz. O resto nos será dado!” Madre Teresa

“Aqueles que vivem no amor, vivem na eternidade”. Verhaeren