Mapa Astral

Postado em 30 de junho de 2011 por Andreia Modesto

O blog www.astrodestino.blogspot.com vai continuar no ar por muito tempo. Por enquanto, sugiro que fiquem com um pé lá e outro cá. Os posts sobre julho e agosto estão ainda no blogspot e é onde vocês podem encontrar dicas para esses dois meses.

Por aqui me entusiasmei com os Nodos. Em teoria, o Nodo num signo sugere o desenvolvimento das qualidades do signo e o Nodo numa casa pede as experiências daquele cenário. Quando um planeta faz aspecto com os Nodos, é preciso vibrar tal energia. Mas sabemos que as coisas se misturam.

Se o Nodo Norte está na casa 8, a experiência da perda é muito semelhante a experiência do Nodo Norte em Escorpião. Mas também podemos notar diferenças sutis.

O Nodo Norte em Libra na casa 12 – pede reflexão, ponderação, descanso da mente, momentos de reclusão, cuidados para não se esgotar em função do excesso  de trabalho. Pode ser um pesquisador que trabalhe dentro de um hospital. Um escritor ou poeta que vai para o alto da montanha e se isola por vários anos para escrever seu livro.

O Nodo Norte em Peixes na casa 7 – pede compaixão, doação, sensibilidade e intuição nos relacionamentos. A vida pode ser transformada pelas outras pessoas, frágeis ou doentes. É um ponto comum no mapa de terapêutas, médicos, psicólogos mas não exige reclusão e não necessariamente acontece dentro de hospitais.

Quando os Nodos são invertidos, é preciso tomar cuidado na hora da interpretação. É mais provável que o correspondente do jornal que vai para um país estrangeiro tenha o Nodo Norte em Gêmeos na casa 9.

E que o tradutor e professor de idiomas que mora no seu próprio país de nascimento tenha o Nodo Norte em Sagitário na casa 3. SALVO se o resto do mapa indicar outros posicionamentos que possam mostrar experiências mais longas fora do país natal.

Porque algumas pessoas parecem ser o signo oposto? Talvez a explicação seja mais psicológica do que astrológica. Negação. Salvo, novamente, se o contexto do mapa mostrar que realmente são outros signos que marcam aquele temperamento.

Todo mundo conhece algum pisciano que está tão à beira do transcendental  que prefere negar e se diz ateu. Ou um libriano que optou por viver sozinho dizendo aos quatro ventos que não precisa de ninguém. Defesa e negação. Salvo…

Bom, podem continuar escrevendo e pedindo temas. Tenho recebido mais pedidos de estudantes de astrologia interessados na parte kármica. Pode ser um pouco maçante para outras pessoas. Ainda não domino o blog mas vamos indo do jeito que dá. Não esqueçam, um pé cá e outro lá, visitem ainda o blogspot para ler sobre julho e agosto.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *