Nodo Sul ou Cauda do Dragão em Peixes – Nodo Norte ou Cabeça do Dragão em Virgem – Nodos Lunares no elemento terra

Postado em 15 de abril de 2012 por Andreia Modesto

Ainda sobre as orientações práticas que podem ser dadas em função dos “Nodos Lunares” ou pontos kármicos, existem algumas questões importantes quando o Nodo Norte está no elemento terra. O elemento terra representa os cuidados com a saúde, a produtividade e a organização financeira. Cada item desse se desdobra mas quem veio para desenvolver o elemento terra, está aprendendo a “funcionar” no plano material. Sem boa saúde, um dia-a-dia pleno de atividades e controle sobre o dinheiro, a vida pode escorregar pelos dedos.

O Nodo Norte em Touro, Virgem ou Capricórnio, exige senso da realidade, planejamento, disciplina e cuidado com as “coisas pequenas do cotidiano” que podem se revelar mais  significativas do que se imagina.

O Nodo Sul no elemento água tem mil qualidades. É bondoso, criativo e afetivo. Mas pode precisar de relacionamentos de total dependência em todos os níveis ou pode passar a vida acreditando que o passarinho dourado vai lhe trazer a boa sorte e tudo será fácil.

A porta é estreita. Essa frase comporta mil traduções diferentes e se pode significar o desapego necessário para se iniciar espiritualmente, também pode fazer alusão ao fato de que é preciso algumas renúncias e sacrifícios no plano material para se conseguir ocupar um determinado espaço.As fantasias não pertencem ao mundo material. Ele é limitado, restrito, muitas vezes feioso, sempre imperfeito.

Vou fazer um repeteco colocando o texto que estava no blogspot sobre o Nodo Norte em Virgem, citando em alguns parágrafos, de modo mais geral, o Nodo Norte no elemento terra. E na outra postagem, um texto feliz sobre o processo de amadurecimento (palavra de Saturno), que me foi enviado por uma cliente capricorniana. É de autoria de Eliane Brum e foi publicado na revista Época, se não me engano no ano passado.  O texto aborda a dificuldade das novas gerações em “encarar e assumir a própria vida” com aquilo que existe de melhor: autonomia e liberdade – o que nunca exclui o amor,  os laços familiares ou as grandes amizades, quando o amor, a família  e as amizades são realmente saudáveis.

Nodo Norte em Virgem – Nodo Sul em Peixes

Todo Nodo Norte colocado em signos de terra tem como desafio o desenvolvimento de uma postura firme, correta e constante diante da vida. Oscilações de humor, mudança de rumo, instabilidades emocionais…levam a quebras em várias áreas da vida.

O elemento terra, que dá o nome ao nosso planeta, exige pouco. Um tiquinho de bom-senso, uma postura mais comedida, planejamentos e estratégias para que não se perca a razão e o controle. Dois mais dois somam quatro para que o prédio se mantenha de pé e é possível fazer construções que resistam a terremotos.

O Nodo Sul no elemento água transborda de sensibilidade. O problema se dá quando passa a transbordar de emoções negativas ou ansiedade para cima dos outros. Quando arrebenta o dique e por água abaixo vão a carreira, o casamento, a moral, a conta bancária…a dificuldade é se sentir o dono da própria vida, muitas vezes criando fantasias ou apenas tendo altos e baixos. Ainda pior é tentar responsabilizar outras pessoas, vivas ou mortas, pelos seus fracassos e dificuldades.

O Nodo Sul em Câncer pede colo. O Nodo Sul em Peixes nunca consegue ter um objetivo bem definido e o Nodo Sul em Escorpião treme diante dos próprios fantasmas.

Estou dando as traduções mais negativas do que possam representar. O Nodo Sul contém uma bagagem que pode ser muito positiva, amorosa e criativa. Não se deve de forma alguma apagar todas as qualidades da tal “herança kármica” mas é preciso tomar cuidado com os exageros. Procura-se o caminho do meio, desenvolvendo a firmeza do elemento terra, de modo a dar margem, oferecer um caminho, se permitir construir uma história de vida.

O que o Nodo Sul no elemento água tem de positivo é a compaixão, a criatividade, a capacidade de se transformar, a intuição profunda. São pessoas boas, muitas vezes ingênuas e carismáticas. Mas a pergunta que o Nodo Norte no elemento terra faz é: o que é que você vai fazer com tudo isto? Muitos podem ficar pendurados no passado, outros podem perder tempo com muito chororô, aquela coisa de ainda culpar pai e mãe…

O Nodo Norte em Virgem procura a ORGANIZAÇÃO INTERNA que permita a organização no mundo exterior. A valorização do trabalho e a permanência dentro de um mesmo segmento são fundamentais para consolidar o nome no mercado. Picotar a vida profissional fazendo muitas coisas diferentes leva ao fracasso e não existe retorno financeiro compensador.

O elemento terra é um elemento que exige definições. Não é um elemento teatral, não transcende e não deseja muito além de uma boa dose de segurança para se viver uma vida tranqüila. Não nega as experiências do mundo prático e gosta de se sentir útil e produtivo.

O Nodo Norte em Virgem pode levar a problemas de saúde, porque muitas vezes é preciso dar uma atenção maior para entender como o corpo funciona. Esse corpo que pertence ao elemento terra e que é o veículo usado pelo espírito para o seu desenvolvimento.

O escapismo e as fantasias do Nodo Sul em Peixes são grandes. Tem a impressão de que nunca está no lugar certo, não joga a âncora, não se alicerça e não se compromete por muito tempo.

Falando em português bem claro, o Nodo Norte em Virgem precisa: trabalhar muito e cuidar da saúde. Evitar a ociosidade, evitar a dispersão e conseguir dar um sentido novo para sua vida através do trabalho. Auto-aperfeiçoamento. Especialização.

Muitas pessoas sentirão atração pela área da saúde, pois não falta sensibilidade e interesse pela alma do ser humano. Mas é preciso tomar cuidado com as dúvidas, as superstições, os devaneios.

O melhor lugar do mundo é aqui mesmo. O dia tem 24 horas e é preciso pular cedo da cama, ter boa disposição, saber fazer o dia render e manter o corpo ativo e saudável.

O Nodo Norte em Virgem exige senso crítico e o uso da inteligência. A cenoura na frente do burrico leva ao desenvolvimento. Ir pela linha de menor esforço significa se render a preguiça e acabar adoecendo ou se desequilibrando, se deprimir ou reconhecer com mais idade, que soube aproveitar pouco as oportunidades. Na maioria das vezes, as oportunidades devem ser criadas pelo próprio sujeito, ao invés de esperar que a bandeja lhe seja servida. São destinos que levam ao reconhecimento da própria força, pelo empenho e dedicação diante da vida.

O elemento terra, por ser um elemento de trabalho e serviço, é também um elemento de humildade. Isto não significa não ter ambições pois precisa ter ambições bem definidas. Um dos piores defeitos do Nodo Sul no elemento água é se acomodar e se contentar com muito pouco. Um passo depois do outro…mas a postura é sempre de humildade perante a vida pela satisfação em poder contribuir com o fruto do trabalho. O reconhecimento das limitações do mundo material ajuda a fazer os planejamentos adequados a cada fase da vida. De novo, livre-arbítrio e bom-senso.

A loucura pertence ao elemento água e ao elemento ar. Loucura positiva é sinônimo de criação e por isto, o Karma Sul ou Nodo Sul no elemento água ou ar gera tantos artistas ou grandes criadores em qualquer segmento. Loucura negativa é perda de tempo, dispersão da energia e escapismo. O sujeito vive num mundo à parte, cria o seu universo próprio e não o divide com ninguém. Melindra-se facilmente e encarna o Peter Pan, deslocado no tempo e espaço. Sente-se diferente das outras pessoas e tem um nível de solicitação e carência do tipo “saco sem fundo”. É natural que as pessoas se afastem, o que alimenta ainda mais a condição de “diferente”. Perde a chance de canalizar toda a energia criativa que possui e que é muito maior do que qualquer outro ponto kármico.

O melhor do Nodo Sul no elemento água é a compaixão e a possibilidade de se desenvolver no serviço às outras pessoas. Muitos escolhem a enfermagem ou a medicina como carreira ou se tornam excelentes psicólogos e terapêutas.