Nodos Lunares – Nodo Sul ou Cauda do Dragão em Áries – Nodo Norte em Libra ou Cabeça do Dragão em Libra

Postado em 18 de março de 2012 por Andreia Modesto

Vou começar a colocar no blog os textos sobre os Nodos – Pontos Kármicos – Cabeça e Cauda do Dragão. Já havia publicado no blogspot, o antigo  blog que tirei do ar. Nesse mesmo blog já existem outras postagens mas essa segue com novas informações.

Vou começar pelo Nodo Sul em Áries – ou Karma Sul ou Cauda do Dragão. Primeiro vou abordar pelos signos e depois abordarei pelas casas, o que me parece mais correto.

Quando o eixo é Áries-Libra, é sempre preciso enfatizar  as posições de  Marte e Vênus no mapa, os dois planetas associados a casamento e associações de modo geral. E também verificar os planetas colocados na primeira e na sétima casa, se ajudam ou atrapalham o desenvolvimento daquela pessoa.

 

As questões do eixo Áries-Libra são:

Quem eu sou? Onde eu começo?

Quem é você? Onde você começa?

Em que pontos temos afinidades?

E quais são os pontos de divergências?

Onde ficam os meus desejos?

Onde coloco as suas necessidades?

Quem cede?

Quem manda?

 

A questão principal é o modo como a pessoa se relaciona com os outros. O que eu represento para meu parceiro afetivo, sócio ou amigo. O que meu parceiro afetivo, meu sócio ou meu amigo representam para mim.

O Nodo Norte ou Karma Norte aponta para o desenvolvimento nesta vida de agora. O Nodo Sul é a síntese dos registros das vidas anteriores e precisa ser “compensado”. A idéia é que exista um ponto de equilíbrio entre as experiências das vidas anteriores (Karma Sul) e as experiências desta vida de agora (Karma Norte).

Quando desenvolvemos o que o karma nos pede, a vida se torna mais fácil e tudo ganha um sentido mais claro. É o contrário do que as pessoas imaginam. Algumas lições kármicas podem ser mais difíceis ou dolorosas mas tudo vai depender do que foi plantado em vidas anteriores ou nesta própria vida – “Lei do Retorno” e “Lei da Causa e Efeito”. O karma restaura o equilíbrio.

Em relação aos Nodos, a idéia é de desenvolvimento num novo caminho de modo que exista uma expansão, uma tomada de consciência maior, uma visão mais ampla e experiências novas, que tragam, para aquele espírito a chance de evoluir.

A maior parte das pessoas se identifica muito com o que está escrito sobre o Nodo Sul. Porque o espírito é o mesmo, condicionado a agir, sentir e pensar do mesmo modo que as encarnações anteriores, mas com possibilidade de novos aprendizados para se libertar das tendências negativas.

O Nodo Sul não é sempre um problema. Ele contém qualidades positivas que desenvolvemos em vidas anteriores mas não podemos repetir o mesmo estilo de viver ou teremos estacionado no meio do caminho. A questão é se libertar dos excessos e buscar sempre a evolução e a moderação. Excesso não rima com serenidade.

 

NODO SUL EM ÁRIES – NODO NORTE EM LIBRA

Quem desenvolveu o forte individualismo de Áries ou concentrou energias na casa 1, precisa aprender a abrir espaço para as outras pessoas, aprender a se relacionar com satisfação e alegria, o que é a essência de Libra e da casa 7.

Se o Nodo Sul, que é o registro das vidas anteriores, estiver em Áries, as experiências acumuladas construíram uma personalidade “decidida”, bastante segura, independente e arrojada. Não gosta de esperar pelos outros ou ter que abrir mão de seus projetos pessoais em função das necessidades das outras pessoas. Áries tem iniciativa, coragem, se expõe, abre caminho para os outros signos, muitas vezes, atropelando alguns. É o dínamo do Zodíaco.

O aprendizado do Nodo Sul em Áries-Nodo Norte em Libra, é dividir, cooperar, compartilhar, ceder, considerar a presença das outras pessoas e encontrar o sentido da vida através dos relacionamentos. Toda a força concentrada em si mesmo em vidas anteriores, será distribuída para as pessoas mais frágeis ao seu redor.

Áries tem iniciativa, amor-próprio, vontade, impulso, energia positiva.  Nas vidas anteriores, o Nodo Sul em Áries desenvolveu força pessoal. Conseguiu concentrar forças em si mesmo e não duvida da sua capacidade de realização. Gosta de desafios e tem pressa para chegar onde deseja.

Se permanecer preso ao padrão das vidas anteriores, irá se destacar na vida profissional mostrando garra, inteligência, motivação e sucesso. Mas poderá viver sozinho, sem paciência para relacionamentos mais duradouros. Ou tendo relacionamentos nos quais rivaliza com as outras pessoas e está sempre envolvido em conflitos e “quedas de braço”.

Se conseguir se equilibrar, será uma mola positiva para os outros. Saberá motivar, sendo um modelo de superação para aqueles que são mais frágeis. Empreendedor, toma atitudes que outros não conseguem tomar e faz a vida progredir a passos largos.

Muitas vezes com o eixo Áries-Libra, o casamento é o cenário onde acontecem as grandes provas. O casamento e as associações de negócios são os relacionamentos mais estreitos em que os “egos” devem ceder para que as relações realmente frutifiquem.

O Nodo Sul em Áries acerta quando abre mão do seu desejo de estudar para que seja o parceiro no casamento que possa estudar primeiro. Ou quando abre mão da carreira porque o parceiro foi transferido para outra cidade ou país. Ou quando aceita que o parceiro afetivo ajude financeiramente  seus pais e irmãos, tendo menos disponibilidade para os projetos financeiros do próprio casamento, por um tempo.

Outro exemplo: é possível que a história de vida do parceiro afetivo determine mudanças. Pode ser o caso da mulher que se torna a secretária do marido porque ele precisa de apoio. Ou o marido que se torna o administrador ou empresário da esposa bem-sucedida nas artes ou moda, mas que é um desastre na parte financeira e administrativa.

Pode-se usar várias expressões: doação às outras pessoas, aprendizado através dos relacionamentos, experiências de intercâmbio…O Nodo Sul em Áries, que em vidas anteriores desenvolveu autonomia e agora  aprende a ser doce, afetivo, paciente com aqueles que são mais frágeis ou lentos. Descobre que a vida é uma experiência de troca e que o seu crescimento acontece ATRAVÉS dos outros. O sentido da vida vem através daqueles que são diferentes ou o contrário, aqueles que têm as mesmas tendências. De um modo ou de outro, é preciso conciliar, compreender e aceitar.