Astro Destino

O PLANETA REGENTE DE 2014 – O SEU PLANETA REGENTE EM 2014

Quem acompanha o site sabe o quanto eu questiono as regências da Antiguidade, na medida em que jamais teremos um ano regido por Urano, Netuno e Plutão. Não somente eu, mas todos os astrólogos que não engolem qualquer coisa e que se preocupam em fazer uma Astrologia VIVA, já que a Astrologia é uma linguagem, um modo de se traduzir a vida do jeito como a conhecemos e muito mais do que isto. MAS, é possível imaginar que a linguagem apropriada ao homem da Antiguidade não seja a melhor para o homem da virada do Terceiro Milênio.

Além do questionamento do ano que se abre sob a regência de Júpiter (em teoria), é preciso ver não somente o regente da Revolução Solar, calculado pelo local em que se vive. Não imaginem gastar dinheiro para ter um Ascendente “melhor” na Revolução Solar e fugir do que se tem que viver, o que se precisa viver.

A Revolução não é o mapa principal de previsões. Longe disto. Trânsitos e progressões são muito mais fortes quando tentamos orientar alguém nos passos dos próximos meses.

Um capricorniano com Ascendente em Peixes, terá que dar muito maia atenção a Plutão e Netuno, que transitam, respectivamente pelo signo solar e signo ascendente, do que ao Júpiter excelente que transita pela sua casa 5. As progressões são técnicas mais individuais e por isto é difícil dar exemplos. Mas uma progressão Sol-Plutão, que pode atuar fortemente por 3 anos, pode ser o principal aspecto de uma determinada pessoa ou uma progressão da Lua no pré-natal, mudando de signo e casa ao mesmo tempo!

Então, existem as “influências gerais” que jogamos nos sites e blogs, e que são válidas. Mas, o melhor é esmiuçar o que realmente influencia você nesse período.

Aqueles que possuem o Ascendente em Áries, com Nodo e Marte em Áries na casa 09, poderão estar vivendo uma expansão positiva de Urano conjugada com Júpiter se o Ascendente estiver ainda em Câncer.

Os exemplos podem ser vários. Uma cliente descobriu problemas renais com duas progressões da Lua em Peixes se cruzando na casa 6. Não existe nada de mais importante acontecendo nesse mapa pois a doença a deixa completamente paralisada aguardando uma cirurgia para conseguir depois lembrar de outros planetas mais vigorosos.

Falar de trânsitos, progressões e revolução é falar das técnicas que atuam de um modo personalizado, individualizado. Falar do céu de um modo mais aberto, mais abrangente e das regências do céu naquele momento, sem direcionar para um evento ou pessoa, também é importante.

Porque também reagimos a essa influência maior. Sobretudo se somos tocados pelos diferentes movimentos dos planetas. Quem tem Vênus retrógrado no mapa de nascimento, não importa qual seja o signo, deve perceber mais sobre sua afetividade nessa virada de ano para 2014. Ou aqueles que têm Vênus em Capricórnio, mesmo que esteja em movimento direto.

Enfim…o número de aspectos que influenciam uma determinada pessoa, é imenso. E o mais importante é saber qual a influência que predomina e que deve ser valorizada como uma locomotiva para o novo momento de vida.

Artigos Relacionados

Back to Top