O que você é, afinal?

Postado em 8 de julho de 2015 por Andreia Modesto

O que você é, afinal?

Dizem que você é o signo Ascendente depois dos seus 30 anos. Bom, essa é só uma das afirmações que fazem a seu respeito. A maior parte do que dizem sobre você não faz o menor sentido e a sua intuição desmente o que ouve dos familiares ou da propaganda na web ou na TV. As revistas que parecem bem intencionadas gostariam de moldar você, colocar rótulos e analisar do seu suspiro à unha do dedão do pé. Românticos, cerebrais, práticos, sonhadores, realizadores…nenhum de nós pode se enquadrar e se revelar em algumas poucas palavras.

O que você é, afinal? Signo solar, signo ascendente, signo lunar ou será que o planeta regente do ascendente diz mais sobre você? Será que a quadratura Saturno-Lua entrega o seu lado inseguro? Ou o Júpiter trino ascendente ajuda você a levantar o nariz e transmitir confiança?
Em primeiro lugar, você não é. Você está sendo. Você muda, se transforma, se questiona.

Muda naturalmente, junto com os ponteiros do relógio, a idade, os hormônios. Ou se decide a mudar, parando de fumar, parando de beber e comer errado, voltando à faculdade, assumindo compromisso, ou jogando tudo para o alto.

Então, o que é que você está sendo? A pergunta ficou mais inteligente e viável. Se desejar uma resposta astrológica, será preciso ver o seu mapa e, pela conversa com você, ou pelos trânsitos e progressões, entender quais os aspectos que estão sendo ativados nesse momento de agora.

Se você tem o ascendente em Capricórnio e está recebendo Plutão no ascendente por trânsito, pode entrar em contato com a energia de Capricórnio de uma maneira meio descontrolada. Pode conseguir expressar suas críticas em relação ao chefe ou a figuras de autoridade de um modo mais sincero do que já conseguiu até agora.

Se possui uma progressão da Lua com Netuno, pode estar querendo deixar o barco correr, ao invés de provocar situações, mesmo que o Sol esteja no briguento signo de Áries.

Não há problema algum se você quiser dizer que tem o Sol em Leão, mas não se sente tão leonino, já que o Ascendente está em Aquário, signo oposto, que abre para os amigos e a versatilidade diante da vida. Se souber um pouco de Astrologia, poderá descobrir que o seu Nodo Lunar Sul está em Peixes e a Lua em Libra, e então o seu lado leonino está mais para gatinho manso pedindo colo do que para o rei das selvas.

Você está sendo. Está em movimento. Ascendente, Lua, Sol e tantos planetas dentro de você. Você, que num trânsito de Urano, você perde um pouco a cabeça e tem reações pouco diplomáticas, embora seja Gêmeos com o Ascendente em Câncer e Lua em Touro, tão doce e gentil, até que os raios de Urano atinjam o Ascendente por quadratura.

Você está sendo. Uma pessoa. Algo que nenhuma linguagem vai dar conta. Nem Freud, nem tipologias esotéricas, nem as estrelas traduzidas por outras pessoas como você. Algo sempre vai escapar. E você escapa de si mesmo, sonhando à noite com o que é proibido sonhar, tendo desejos que não gostaria de ter, se arrependendo de fazer o que fez e o que faz.

Você está sendo. Humano, pequeno e grandioso na pequenez. Contraditório, buscando segurança, se dilacerando, se exigindo coisas que não vai conseguir cumprir. Não aceite rótulos, não acredite que você é “assim ou assado”. Você está sendo, o que consegue ser, não importa o nome que tenha. Na superação, no medo, na coragem e na covardia, na careta, no deboche, no engano, na aceitação, no amém. O que consegue estar sendo, na vitória e no fracasso.

Como diz o poeta, só você pode saber a dor e a delícia de ser, o que é nesse momento, o que está sendo, aqui e agora.