Para Escorpião, Capricórnio, Sagitário, Áries e Peixes.

Postado em 5 de julho de 2015 por Andreia Modesto

Os trânsitos dos principais planetas exteriores – Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão.
Normalmente os astrólogos escrevem textos sobre o signo que está recebendo a influência de um determinado planeta. Como é que esse signo reage a tal energia? Mas, uma análise importante é saber como as pessoas nascidas pelo signo regido por tal planeta vivenciam o trânsito desse planeta por um signo que não é o delas.

Ou seja: o que os escorpianos aprendem com o trânsito de Plutão, planeta regente de Escorpião por Capricórnio? Ou, como os aquarianos reagem à influência de Urano, planeta que rege Aquário por Áries?

Bom, em algumas poucas linhas:

Escorpião aprende a lidar com o poder – como pai, como chefe, como mentor. Talvez possa se tornar realmente pai, seja de uma comunidade, de uma clientela, de alunos, ou gerar uma empresa, além da possibilidade de ganhar um bebê. É bastante possível que carregue mais responsabilidades do que estava habituado anteriormente. Saturno por Escorpião de um peso maior a influência de Plutão por Capricórnio e o período que se encerra com Saturno transitando para Sagitário, representa algum alívio, num cenário em que Escorpião continua amadurecendo. Talvez tenha vivido experiências importantes no cenário familiar, com os pais ou outros parentes. Saturno e Capricórnio representam autoridade e conflitos podem ter ocorrido com chefes ou qualquer um que represente um tipo de poder.

Enquanto Saturno transitou por Escorpião (e ainda transita até setembro), Capricórnio aprendeu sobre emoções, dinheiro, sociedades. Ganhou uma profundidade que o signo não conhecia, ganhou a experiência direta com a Psicologia e o reconhecimento do lado “oculto” de todos nós. Com Saturno em Sagitário, saímos do passado e entramos no futuro que volta a ser planejado com luz, fé e muita energia positiva. Estudos, filosofia, idiomas, contato com estrangeiros, aquisição de casa, terrenos, mudança de cidade, tudo o que pode ser representado por Sagitário passa a ser do interesse dos capricornianos. É uma fase que permite expansão, da alma, da visão de mundo, de todo tipo de conhecimento que seja pertinente para aquela pessoa, já que nem Capricórnio e nem Sagitário são amigos da dispersão.

Aquarianos aprendem sobre o poder individual. Eu. Ego. E como é difícil! Mas aprendem. Exercitam a autoridade, obtém o sucesso justamente porque evitam ouvir todo mundo e se tornam mais assertivos no modo como conduzem a própria vida. A função pensamento que é típica de Aquário, é temperada pela ação de Áries. Utopias precisam ser vividas na pele, na carne, já que Aquário imaginou, Áries se joga para ver se realmente funciona. E se joga apaixonadamente. Então, Aquário tem uma capacidade maior de realização. E continua se expondo e defendendo várias causas, mas agora, sabe centrar o poder em si mesmo e não dá voltas e voltas para decidir que decisão tomar.

Sagitarianos confirmaram a forte identidade enquanto Júpiter transitou (e transita) por Leão. Quando Júpiter entrar em Virgem em agosto, Sagitário conseguirá ser mais produtivo e mais accessível a todos. Pois muitas vezes Sagitário gosta de conduzir a vida numa postura superior, sendo excelente mentor, mas pouco prático. Assim como o trânsito de Saturno por Sagitário, o trânsito de Júpiter por Virgem também ajuda a reconhecer os limites e tornar-se mais organizado. Sagitário vai funcionar melhor e utilizar melhor todos os seus talentos. Não vai perder sua luz, mas vai saber canalizar suas energias para o que for realmente importante em sua vida. Profissionalmente poderá ser um período de excelentes resultados.

Peixes vibra Netuno transitando pelo próprio signo. Afirma suas qualidades. Se havia se afastado de si mesmo, dando conta das tarefas do mundo material, pode retomar sua história e voltar a fazer coisas ou ter atividades e ver pessoas do passado. Todas as qualidades estarão evidenciadas, tanto as positivas quanto as negativas. Então, o lado intuitivo estará à flor da pele. Mas não vale dar espaço para a preguiça ou o negativismo. Alguma atividade criativa é fundamental, assim como espaço para reflexões, orações, meditações. Paz de dentro para fora.

Os outros signos precisam seguir os signos por onde seus planetas regentes transitam. Então, Touro e Libra precisam acompanhar o trânsito de Vênus, assim como Gêmeos e Virgem precisam acompanhar o trânsito de Mercúrio e arianos precisam acompanhar o trânsito de Marte etc. Cancerianos mudam a cada 48 horas, no ritmo da Lua, salvo se outras influências dizem outras coisas e seguram o canceriano com os dois pés bem no chão. Leão é sensível ao trânsito do Sol.

Obviamente que essas observações serão conjugadas com todas as outras influências por ângulos e os aspectos formados pelos planetas entre si.