Planetas, influências e sensações. Influências dos planetas.

Postado em 23 de junho de 2016 por Andreia Modesto

A influência de um planeta pode se manifestar de várias maneiras. Pode levar-nos a atitudes e escolhas concretas, ou pode simplesmente gerar uma “sensação”.

A sensação de sufocamento ou pressão sobre o peito costuma ser de Saturno. A sensação de estar perdido ou confuso, fora do ar, é de Urano. A tensão de Plutão pode nos fazer acreditar que vamos explodir em poucos minutos. Marte nos deixa irritados, com enxaquecas e Netuno gera uma preguiça danada.

Nem sempre existe alguma situação “real” que possa corresponder ao que sentimos. Podemos ter angústias que não correspondem ao momento que estamos vivendo, aparentemente tranquilo.

É bom, então, tentarmos investigar porque temos uma determinada sensação. Uma “tristeza imensa” sem razão pode estar relacionada com alguma frustração que não foi reconhecida ainda. Não é fácil reconhecer que alguma conquista pode ter gerado também decepções, seja com uma empresa, situação ou pessoa.

A sensação de poder explodir pode se relacionar com a necessidade de colocar para fora o que ainda não foi dito. Ou talvez, de poder jogar para o alto algumas responsabilidades que foram absorvidas sem que pudesse dar conta de tudo.

Há pouco tempo uma cliente se acidentou seguidamente. Parada no farol, outro carro bateu no carro dela. Torceu o pé na ginástica e depois caiu de um banquinho quando foi prender bexigas para a festa do filho. Urano está transitando sobre a Lua e ainda vai enfrentar uma mudança de residência e bairro. Tem tido taquicardias alternadas com falta de ar. Está numa fase de mudanças, o que inclui a carreira e a ansiedade é grande. Urano movimenta a vida e pede reflexões sobre o caminho que estamos tomando. Faz uma bagunça danada e normalmente traz insônia, já que estamos “acordando” para uma nova fase de vida.

Saturno pode gerar o oposto. A sensação de peso que torna tudo mais lento. Seu corpo, sua mente, tudo tem um peso maior, o que não chega a ser uma depressão. Mas, parece que carregar tudo isso…pode existir o conflito entre o desejo de uma mudança mais brusca e o medo de fazê-la acontecer. O sujeito trava no meio do desejo e do medo.

Ele pode precisar de tempo para elaborar o que realmente deseja fazer e como. Urano e Júpiter podem estar acenando para novidades, entusiasmados, mas Saturno resiste e empaca.

Nunca fomos tão solicitados pelo “mundo lá fora”. Mensagens, informações, convites, propostas, sugestões, propagandas, avisos. Por isso mesmo, mais do que nunca precisamos olhar para o “mundo aqui dentro”, não para cultivar o isolamento, mas para alguns momentos de reflexão sobre o que o mundo está sugerindo e o modo como estamos reagindo.

Estamos travando nosso desenvolvimento por medos? Ou o convite realmente não vale a pena? Só saberemos depois de reflexões e um acerto entre aquilo que acontece por fora de nós e o que acontece por dentro de nós. Equilíbrio, harmonia, coerência e confiança para seguir com os desafios da vida.