Por que não me identifico com o que leio sobre meu signo?

Postado em 23 de maio de 2017 por Andreia Modesto

Veja São Paulo – Astrologando

Por que não me identifico com o que leio sobre meu signo?

Muitas pessoas não se identificam com as qualidades e tendências de seu signo. O signo solar, que é encontrado pelo dia do nascimento, é uma das influências do mapa astral, mas não é a única. É o signo que representa um caminho a seguir, algumas qualidades essenciais e experiências de vida, mas pode ser modificado por outros posicionamentos do mapa astral.

O signo Ascendente é o signo marcado pela hora de nascimento e está associado à primeira impressão que causamos às outras pessoas, ao corpo físico, ao modo como nos apresentamos ao mundo ao nosso redor. Ou seja: uma pessoa nascida sob o signo de Libra, que é bastante simpático e risonho, pode se mostrar mais reservada e tímida se o signo ascendente estiver em Capricórnio.

O signo da Lua também tem uma importância muito grande no mapa astral e está relacionado com as nossas emoções, experiências de infância, afetividade e é um posicionamento muito espontâneo. O signo da Lua e o signo do Ascendente podem se expressar de modo mais evidente do que o signo solar. Uma pessoa nascida em Capricórnio, que é um signo mais reservado, que tenha a Lua em Gêmeos, pode ser muito mais aberta e comunicativa do que se esperaria de um “capricórnio típico”.

Quando usamos a expressão “típico”, estamos falando de alguém que expressa as energias daquele signo de um modo muito claro, sendo possível identificar quase tudo o que lemos nos sites e manuais de Astrologia. Mas tais pessoas são muito raras. Na verdade, existem muitas outras influências que atenuam ou mesmo bloqueiam a expressão do signo solar.

Quando um astrólogo diz que “Escorpião é intuitivo” ou que “Leão é criativo”, ele está se referindo às qualidades que cada signo contém, mas não obrigatoriamente a todo escorpiano ou leonino, que podem ter outras influências atenuando ou bloqueando tais qualidades.

É possível dar dois bons exemplos usando o signo de Gêmeos: Paul McCartney, que vai completar 75 anos no dia 18 de junho, é um geminiano típico. Jovial, alegre, cheio de disposição, simpático e criativo, tendo se desenvolvido na área da comunicação com suas letras e músicas belíssimas. Nascido em Liverpool, o eterno Beatle tem o Ascendente em Peixes e a Lua em Leão.

Donald Trump, o presidente americano eleito há pouco tempo, é um geminiano “brigão”, polêmico e rude, bem distante do que se lê sobre Gêmeos. Nascido em Nova York, em 14 de junho de 1946, tem a Lua em Sagitário e Ascendente em Leão.

Contato para consultas: andreia@andreiamodesto.com

Veja também
Pontos positivos e negativos, além de dicas para Gêmeos
Quais são os quatro signos mais intrometidos do zodíaco?