Previsões-orientações para Câncer – Junho e segundo semestre 2017

Postado em 9 de junho de 2017 por Andreia Modesto

Muitas mudanças em todas as áreas da vida têm trazido transformações interiores para os cancerianos. O signo tem sido pressionado de muitas formas diferentes a responder a vida com mais segurança e autonomia. Os pilares sobre os quais se apoiava ruíram e pode levar um tempo para os cancerianos perceberem que nessas mudanças eles ganharam muito. Ganham a chance de reconhecer a própria força e desenvolver capacidades que desconheciam possuir.

Existem boas perspectivas financeiras e uma tendência a estabilizar profissionalmente, desde que compreenda que vivemos num mundo de transformações constantes e por isso, é preciso ir se adaptando e agilizando suas respostas. Resistir ao mundo moderno é bobagem. Dominar tecnologias, falar outro idioma e estar nas redes sociais, em alguns casos, é uma postura que garante sobrevivência, como respirar…

Aqueles que viveram frustrações afetivas podem rapidamente refazer a vida amorosa, com um novo relacionamento, sem os erros passados.

Embora Câncer continue enfrentando muitas mudanças e algumas surpresas, o signo começa a receber energias positivas. Consegue cuidar melhor da saúde e perceber o sentido da fase que tem vivido. O único “senão” é que alguns cancerianos podem estar ainda muito fechados em si mesmos, mais interessados nos processos terapêuticos, leituras e meditações, evitando a vida social.

Urano pede que quebre com esse retraimento e consiga fazer amigos novos, bem diferentes entre si. Pode integrar-se em grupos, fazer trabalhos voluntários ou participar de eventos como caminhadas, ou sair para pedalar de madrugada junto com amigos.

Os desafios não terminaram para o signo. Urano e Júpiter em quadratura, Netuno em trino, Plutão em oposição. A partir de dezembro de 2017, será Saturno em oposição também. Então, o melhor é ir se desligando do que é preciso se desligar, para que Saturno possa representar um processo de reconstrução positivo.

O signo de Câncer está associado às emoções, família, raízes, passado, origens e é um dos signos das comunidades, bairros, cidades, países. Nos últimos tempos temos visto muitas pessoas viajando mais e se decidindo por morar em outros países. Outras ainda foram transferidas, obrigadas a mudar em função do trabalho. Esse processo é indicado por esses aspectos sobre o signo de Câncer e eles são, obviamente, mais vulneráveis a essa questão: – “qual o meu lugar no mundo?”

Escolher uma casa, um bairro, uma cidade ou um país, é um depoimento de identidade. E é isso que está acontecendo com os cancerianos, uma redefinição de quem eles são. A dica é sempre tentar ter uma postura menos emocional e mais objetiva para observar e compreender melhor as suas escolhas e consequências das mesmas.

A síntese das influências sobre o signo de Câncer são muito boas para a autoestima do signo. Será capaz de expressar mais confiança nos seus dons e habilidades que são muitos. E se tornar menos necessitado da aprovação dos outros, caminhando com mais firmeza para as direções que estabelecer para si.