Previsões para Capricórnio 2015-16 – Luz no final do túnel e recompensas

Postado em 5 de julho de 2015 por Andreia Modesto

Plutão é sem dúvida alguma o grande iniciador de Capricórnio no novo ciclo. Mas, as influências de Saturno em Sagitário e a entrada de Júpiter em Virgem, poderão aliviar um pouco a pressão sobre o signo da sabedoria conferida pela idade.

Enquanto Júpiter transita por Leão e Saturno finaliza o ciclo em Escorpião, a pressão sobre Capricórnio é imensa. Mas, tem luz no final do túnel. E muita luz. Saturno transitando por Sagitário é a caminhada de Saturno pelo signo da fé, esperança e renovação espiritual. Júpiter em Virgem enviará um trino para o Sol capricorniano e existirão as bênçãos costumeiras do Senhor do Olimpo, Júpiter-Zeus, que adora julgar, punir, perdoar e recompensar.

A partir de agosto, a combinação Plutão-Júpiter-Saturno pode significar promoção profissional, novas metas e sucesso aliados a maior pressão de trabalho e necessidade de cuidar do corpo e do espírito.

Capricórnio é o signo do homem-deus pregado à cruz da matéria. Um excesso de deveres, obrigações, uma sensação de estar soterrado diante de cobranças e deveres, com poucas brechas para o lazer. E aquelas que acontecem, são batalhadas pelo próprio Capricórnio que aparece muito solitário, embora cercado de pessoas, que mais solicitam do que oferecem algo.

Força, resistência, paciência, contenção. Energias capricornianas. Até que Júpiter entre em Virgem em agosto e Saturno retorne a Sagitário em setembro, viverá uma tensão maior nos relacionamentos profissionais, afetivos ou familiares. Depois, alivia. Muitas viagens, convites para uma vida social mais intensa, temperada por momentos onde Capricórnio precisa se isolar para recompor suas energias.

Não importa qual seja o grau do signo. Mesmo que Plutão ainda vá atuar mais vigorosamente em grau exato, já será possível se articular, fazendo o que Saturno adora fazer que é planejar o futuro e voltar a sentir que tem algum controle sobre ele.

Positivamente Plutão levaria Capricórnio a refletir e desejar mudar um pouco o padrão de comportamento. Talvez fosse a hora certa para devolver a algumas pessoas, com certeza, nascidas em outros signos, as responsabilidades que jogam para cima de Capricórnio.

Lidar com situações em que se sente impotente não é bom para Capricórnio. Ajoelhar e aceitar convém mais a Peixes. Então, apesar de todas as transformações que Plutão poderá trazer, Capricórnio poderá aceitar muitas coisas, mas começar a “fazer algo com isto tudo”, talvez transmitir suas experiências a outras pessoas, usar o sofrimento e as frustrações para seguir num novo caminho filosófico, olhar para a vida de um novo ângulo.

Cuidados com joelhos, dentes e coluna fazem parte da cartilha de Capricórnio. Investimentos nos estudos para assegurar ainda mais poder profissional, vale a pena. Mudar de residência ou comprar uma casa de campo pode ser uma boa terapia. Para os autônomos ou empresários, expandir (com cautela) para fora do país ou pelo menos, para fora do cenário dos clientes conquistados até agora.

Comprar um terreno e se envolver com a construção da “casa dos sonhos”, pode ser terapêutico e um bom investimento. Definir metas, não desistir de construir uma perspectiva de futuro, fundamentada em leituras, viagens, busca de conhecimento. Poderá ser no interior ou em outra cidade distante ou mesmo em outro país.

Refletir sobre questões de Justiça e talvez se envolver com trabalhos voluntários ou grupos de discussão sobre os temas do mundo contemporâneo é a influência de Saturno e Júpiter que receberá oposição de Netuno. Cinco minutos de oração pela manhã e Capricórnio alia sua força de vontade a alguma proteção maior.

No amor, nada muito romântico. Mas Capricórnio não gosta de perder tempo com sedução. Companheirismo e cumplicidade tocam mais ao coração do signo que é obrigado a olhar para a vida com total lucidez desde muito cedo. E sabe exatamente o que é desejar alguém para dividir cada passo da vida.