Saturno em Capricórnio

Postado em 6 de dezembro de 2017 por Andreia Modesto

Como Saturno em Capricórnio vai nos influenciar?

Barack Obama, Emma Watson, Adele, Daniel Radcliffe, Bono (U2), Hugh Grant, Antonio Banderas, Sean Penn, Osho (guru), Sean Connery e Clint Eastwood têm Saturno em Capricórnio no mapa astral. A produtividade do diretor Clint Eastwood, nascido em 31 de maio de 1930 até idade avançada, poderia ser atribuída a força de vontade do planeta. É uma boa lista, que deve afastar de vez os receios da influência do planeta que representa a maturidade.

Nossa sociedade valoriza a juventude e a alegria instantânea. Além disso, muitas pessoas não compreendem o que Saturno realmente representa, atribuindo a ele qualidades que o planeta não tem.

Saturno não faz nenhuma confusão. Ele é o convite ao crescimento, ao desenvolvimento pessoal, que só é possível com o passar do tempo e o acúmulo das experiências, algumas delas felizes, outras mais difíceis. É um planeta daquilo que chamamos “realidade” e permite que tenhamos um grau de consciência maior sobre a nossa responsabilidade diante de tudo o que criamos ou atraímos para nós.

Saturno é lúcido, prático, objetivo, tendo uma postura sempre coerente e correta, sem pressa. Arruma, organiza, planeja, conserta. Não se furta ao trabalho, faz e refaz o que for preciso para alcançar o que deseja, ou simplesmente, o que precisa ser feito.

Saturno em Capricórnio representará ao mesmo tempo uma boa fase para plantar e também uma fase de colheita. Será perfeito para o investimento na boa educação, na boa saúde, na boa carreira. A expressão “boa” significa “cuidada”, pois é isso que Saturno faz. Quando respeitamos a lei e paramos no farol vermelho, estamos afinados com Saturno. Se avançamos o farol, estamos nos expondo a riscos e a própria morte, além do prejuízo que podemos causar aos outros.

Diante da taxa alta de colesterol e mudamos a dieta. Diante dos sinais de osteoporose e começamos a nos exercitar. Diante da nota baixa no exame estudamos ainda mais para obter uma nota maior. Diante da má avaliação profissional tomamos novas atitudes e investimos nos nossos pontos mais fracos para superar e continuar evoluindo. Em qualquer área de nossas vidas, inclusive a espiritual, podemos progredir. Isso não vai acontecer de um modo mágico, mas será consequência de nosso trabalho. Levantar cedo para meditar ou ir para a aula de inglês nos ajuda a alcançar perspectivas mais altas e nos sentir mais fortes e capacitados.

Se Plutão em Capricórnio representa quebra de autoridades, Saturno poderá nos ajudar a reconstruir a imagem do que seja uma “autoridade”. Nos últimos anos, em diferentes países – incluindo o nosso – diversas figuras de poder (autoridades) despencaram de seus pedestais, por roubo e corrupção. Saturno em Capricórnio poderá ser um símbolo da reconstrução positiva do que seja “autoridade”, alguém que transitoriamente – por um mandato – tem a responsabilidade (Saturno)  de cuidar de uma comunidade, cidade, estado ou país.

Saturno ajuda a cuidar, recuperar, tratar, plantar e colher. E na maior parte das vezes é a FALTA de algo, seja saúde, amor, dinheiro ou reconhecimento que nos mobiliza para a solução.

Enquanto temos saúde, amor, dinheiro e reconhecimento, não estamos muito preocupados. É verdade que as restrições e as dificuldades nos ensinam muito mais do que as fases de abundância e tranquilidade.

Mas Saturno não precisa fazer ninguém sofrer. Se está tudo bem agora, podemos nos manter lúcidos o suficiente para irmos nos preparando para o amanhã, poupando ou cuidando de diferentes áreas de nossas vidas para nos prevenir de problemas no futuro. É curioso porque essa colocação nos faz deduzir que Saturno também tem uma visão de longo alcance, não sonhadora e idealista, mas calcada na realidade que vivemos e no fato de que vamos envelhecer. Teremos outras necessidades e poderemos evitar carências e dificuldades maiores se nos limitamos um pouco agora para investir nesse amanhã.

Se Saturno fosse um problema, não teríamos tantos capricornianos bem sucedidos e realizados em todas as áreas da vida. Jô Soares, Rita Lee, Cláudia Raia e Rod Stewart são bons exemplos.

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *