Semana de 16 a 22/05: Ingresso do Sol em Gêmeos, Lua Cheia em Sagitário e Mercúrio direto

Postado em 13 de maio de 2016 por Andreia Modesto

Semana com vários aspectos novos:

Ingresso do Sol em Gêmeos em 20/05, 11 h 36 m
Lua Cheia em Sagitário em 21/05, 18 h 16 m
Mercúrio em movimento direto dia 22/05

Semana corrida, produtiva, um convite para a vida social, novos amigos, novos objetivos de vida, novas esperanças.
Dizem que a comunicação é o oxigênio de qualquer relacionamento. E que para se comunicar bem, é preciso primeiro saber ouvir.

Uma coisa é certa: quem consegue se expressar com espontaneidade, sem timidez, consegue fazer com a vida flua melhor. Quem tem boca vai a Roma e no século XXI consegue dar a volta no planeta sem dificuldades.

Li que alguém que fale somente um idioma pode ser considerado quase um analfabeto em nossos tempos. Num país em que muitos não falam nem mesmo a língua materna, é uma expressão cruel. Mas, para aqueles que pretendem dominar mais um idioma, vai uma dica: o Youtube está cheio de excelentes cursos absolutamente gratuitos. Confiáveis, com professores nativos em vários idiomas. Um pouquinho de tempo toda a semana e é possível vencer esse desafio.

Palavra, instrumento para angariar novos amigos, descobrir informações importantes, conseguir crescer e se desenvolver, muitas vezes revisando o seu ponto de vista, conseguindo pensar de outra forma por ter conseguido compreender outras visões de outros ângulos.

A passagem de Touro para Gêmeos encerra o ciclo do reconhecimento das necessidades materiais e abre para a fantasia, os encontros, as viagens, os eventos. Gêmeos é um signo mais leve, movido pela curiosidade e desejo de se conectar.
Mas a palavra não pode ser arma para destruir a reputação de outras pessoas, fazer fofocas tolas ou confundir.

A palavra é também uma riqueza, uma joia, um talento. Algumas pessoas falam para dentro, não têm clareza no modo como se colocam no mundo. Outras falam alto demais, de modo estridente e você nunca consegue interromper, pois vírgulas e respiração não existem. Para conseguir se fazer ouvir, só falando alto também.

Tudo é questão de dose, ou seja, bom senso. E em alguns momentos é preciso reconhecer que uma atitude, uma presença, um olhar ou um abraço podem ser mais claros e dizer muito mais.

“Pode existir mais poder em um abraço forte do que em mil palavras”. Hood