Signos e Contos de Fadas: Touro, Virgem e Capricórnio – Elemento terra

Postado em 7 de março de 2017 por Andreia Modesto

Contos de Fadas do Elemento Terra. O elemento terra é conhecido pela sua praticidade e capacidade de trabalho. As pessoas nascidas em Touro, Virgem e Capricórnio são como ferramentas da vida, ajudando a muitas outras, orientando, servindo e encontrando satisfação por serem úteis.

O elemento terra oferece estrutura, seja moral ou financeira, orientando e podendo acolher ou ajudar a obter prosperidade.

Vale registrar que é o elemento que menos trabalho me deu para encontrar os contos e para escrever sobre eles. É meio “preto no branco”, tudo muito objetivo, mas não menos rico e importante na vida de todos nós.

Touro – Segurança e beleza. Um conto curioso que fala da relação com a riqueza é a “Galinha dos ovos de ouro”. É um aspecto negativo do signo, mas que pode ser abordado sem que os taurinos se sintam melindrados. Touro é um signo de apego e valor.

Positivamente consegue preservar e recuperar não somente valores materiais, sendo o arquiteto,o decorador, o artista, mas também reconstruindo laços afetivos pela paciência e dedicação nos relacionamentos.

O aspecto negativo é quando a busca pela segurança ou riqueza se torna uma obsessão: o casal que recebe de um duende a galinha mágica, resolve mata-la para poder ter acesso a um número maior de ovos de ouro em menos tempo. Obviamente que não encontram nenhum ovo de ouro dentro da galinha e acabam se lamentando para o resto da vida.

Um símbolo de Touro é o pote de ouro no final do arco-íris, tema de um conto irlandês onde um duende também tem um papel importante: um pequeno camponês muito pobre encontra um duende quando vai tentar pescar alguns peixes para sua mãe comer.

Diz a lenda que encontrar um duende na floresta dá o direito de fazer um pedido ou uma pergunta. Ele precisa fazer a pergunta correta para o duende. Da primeira vez pergunta: “Onde está o pote de ouro?” – e o duende responde sorrindo: “No final do arco-íris”!

Bom, o garoto não encontrou o caminho para o final do arco-íris e voltou para casa sem peixes e sem pote de ouro. Sua mãe o instruiu que fizesse corretamente um pedido.

E dali a alguns dias, o menino encontrou de novo o duende e fez o pedido: “Leve-me ao pote de ouro”, sendo levado pelo duende e retornando com as moedas para a casa de sua mãe.

O pote de ouro pode ser muito mais do que dinheiro. Touro é o signo dos dons e talentos que temos para transformar em trabalho. Muitas pessoas cheias de habilidades não se interessam em transformá-las em trabalho, como se o trabalho nunca pudesse ser fonte de prazer e realização pela criatividade.

Touro é um signo sensível, mas produtivo, enfeitando a vida com a sua arte ou ajudando as pessoas a gerir melhor suas finanças.

Virgem – Produtividade e dever. A formiguinha trabalhadora que estoca alimentos para o inverno enquanto a cigarra cantarola despreocupada, nasceu nos últimos dias de agosto.

Virginiana convicta, discreta e focada, nada a tira do seu trabalho, pois ela é previdente e não se incomoda de carregar a comida para dentro de casa enquanto outros se divertem no calor do verão.

O melhor da história é o final em que ela confessa que trabalhou contente porque o canto da cigarra a distraía e tornava o trabalho menos pesado. Acolhe a cigarra no inverno dividindo com ela os alimentos armazenados. Virgem é mais generoso do que as pessoas imaginam!

Virgem muitas vezes faz o que tem que fazer de modo sistemático e sem grandes questionamentos. Engana-se quem pensa que são frios, já que a perfeição no trabalho pode marcar o pianista, o bailarino ou o ator sensível e emotivo, que consegue também tocar na sensibilidade das outras pessoas!

Capricórnio – Responsabilidade e estrutura. O porquinho Prático dos “Três Porquinhos” nasceu nos primeiro dias de Janeiro. Enquanto os irmãos afoitos e imaturos constroem casas sem nenhuma estrutura de modo leviano, só para terem tempo de brincar, ele se estabelece com firmeza. Faz uma casa de tijolos, forte e confortável, que suporta os ventos ou o sopro do lobo mau que acaba desistindo de comê-los.

Prático acolhe os irmãos mais jovens (não é raro Capricórnio ser o primogênito), de modo que eles possam se sentir seguros na casa de tijolos. Tenho vários clientes nascidos em Capricórnio que oferecem estrutura material para irmãos e outros parentes que conseguem muitas vezes ter oportunidades e facilidades que o próprio Capricórnio não teve.

Com certeza ele era o mais velho e o mais ligado aos pais, se tornando responsável pelos irmãos e servindo de modelo para eles, como bom capricorniano!