SIGNOS E SAÚDE II

Postado em 9 de agosto de 2014 por Andreia Modesto

Concordo que saúde começa pela alimentação. Morre-se pela boca e até para ter vitalidade para caminhadas e exercícios, é preciso tomar cuidado com o que se escolhe para comer ao longo de um dia.

O signo da saúde, Virgem, é como Peixes, seu signo oposto, aquele que representa um processo de purificação, eliminação de toxinas em todos os níveis. E seria possível considerar que Escorpião também passa por uma depuração. Não é à toa que tanto Virgem como Escorpião regem os intestinos.

Então, “somos o que comemos”, e a abordagem da saúde pela Astrologia, fica bem clara a partir dos elementos. O elemento fogo, Áries, Leão e Sagitário, pode ter o metabolismo acelerado, “queimando” calorias com mais facilidade do que outros signos. O elemento ar, Gêmeos, Libra e Aquário, por ter uma proposta de agilidade, se mantém mais leve do que o elemento terra, Touro, Virgem e Capricórnio. Dos três signos do elemento terra, Touro é o mais pesado no sentido de poder ganhar peso ou suportar uma alimentação mais calórica.

O elemento água é o que tem o metabolismo mais lento. Escorpião, dos três, queima calorias de modo mais acelerado, pois Plutão e Marte têm algumas afinidades e não é raro encontrar Escorpiões nos esportes. Peixes e Câncer podem ter tendência a flacidez e a retenção de líquidos.

Já li vários artigos sobre alimentação para tentar fazer uma postagem sobre Alimentação e Signos. Cada orientação alimentar diz uma coisa bem diferente da outra. Não é todo mundo que consegue comer a cada três horas. Para mim, seria impossível “lembrar de comer algo” a cada três horas. E nem todo mundo consegue tomar café como um rei pela manhã e só jantar uma sopinha aguada de legumes. Cada um de nós possui um metabolismo diferente e deve construir sua dieta de acordo com suas necessidades e rotinas.

Há quem funcione melhor pela manhã, mas muitos nascidos em Escorpião, Peixes e Câncer, vão funcionar melhor pela madrugada. Ou seja, cada um é cada um. O cigarro vai prejudicar muito mais os pulmões de Gêmeos, Aquário, Libra e Peixes. Câncer poderá herdar problemas de saúde de família, não importa quais sejam. Leão pode ter pressão alta desde cedo.

Voltando a questão da alimentação, o elemento água, Câncer, Escorpião e Peixes, pode ter necessidade de alimentos “quentes” para literalmente, esquentar o corpo físico. Mas, nem sempre suportam exercícios de alto impacto, preferindo a Yoga ou caminhadas. Áries, Leão e Sagitário, precisam do Sol e podem suportar uma alimentação mais calórica depois da corrida ou do futebol.

Virgem e Peixes talvez sejam os signos que mais se beneficiem de uma alimentação bem cuidada. Podem ser acusados de serem hipocondríacos, mas acabam conseguindo um bom equilíbrio. A alimentação não terá uma função emocional, mas terapêutica. Não se olha para uma caixa de bombons como fonte de prazer, mas como uma bomba relógio.

O alimento pode ser considerado sagrado, se entendermos que a função é mesmo a limpeza, a pureza, a depuração do corpo, que acaba promovendo bons pensamentos e sentimentos também mais puros e leves.

Aqui vale dizer que Virgem e Peixes podem ser o Nodo Norte ou Nodo Sul, o signo solar, lunar, a posição de Mercúrio, Quíron, o Ascendente ou a força da casa 6 e da casa 12 no mapa astral.

Algumas pessoas comentam que o avô fumou a vida inteira, comia comidas gordurosas, levava uma vida sedentária e viveu muito bem e ativamente até os 92 anos de idade. Outros sabem que aos 62 anos o pai já está tendo problemas no pulmão por fumar há mais de 30 anos. Alguns exageram na bebida de vez em quando, mas nunca viciam. Outros começam a beber socialmente no happy hour e adquirem um vício difícil de se libertar.

Muitos médicos aconselham que exista diariamente, um intervalo de 12 horas (no período da noite) entre duas refeições. Isto significa que jantando às 20 horas, é preciso aguardar até 8 horas do dia seguinte para tomar o café. Também recomendam que não se coma nada depois das 20 horas, já que o organismo precisa repousar no período da noite e alguns culpam as refeições noturnas por uma série de problemas de saúde que aparecerão depois de uma certa idade.

Certa vez comecei uma dieta de alimentos unicamente crus por uma semana. No terceiro dia meu estômago já reclamava o suficiente para me convencer que o cozimento das refeições foi realmente um marco na evolução humana. Há pouco tempo soube de uma dieta que exclui todos os grãos, o que bate de frente com a macrobiótica, que defende que os grãos devem ser a base de toda a alimentação sadia.

Enfim, procure o que for melhor para você. Examine o mapa astral, não esqueça de valorizar a Lua, já que ela pode trazer compulsões alimentares e muita confusão entre emoção e comida. Quem considera que comer é a maior fonte de prazer na vida, pode estar perdendo outras fontes como observar a natureza, estudar artes, viajar, usufruir da companhia dos amigos, ter um hobby, se descobrir em vários talentos diferentes, enfim…comer bem é muito importante, mas não para satisfazer outras carências.

Voltando às diferenças individuais, há pouco tempo recebi uma senhora de idade que aos 72 anos, relatou que sempre teve problemas com anemia. Lua e Ascendente em Virgem. Mas dias depois recebi um rapaz com Marte, que rege Áries, proeminente no mapa, em Sagitário, com Ascendente em Capricórnio, que sofre com o excesso de ferro concentrado no sangue.

Além disso, as diferentes idades também ativam problemas que o mapa mostre que existem em potencial. É comum que a pressão alta apareça depois da menopausa para algumas mulheres, assim como a taxa de colesterol aumente até mesmo para quem come pouca gordura. O metabolismo não funciona na mesma velocidade da juventude e não importa qual seja o signo, o ideal é redobrar a atenção e usar o bom-senso.