Signos e saúde – publicada na Veja São Paulo – blog Astrologando em 27/06

Postado em 28 de junho de 2016 por Andreia Modesto

Áries – O signo da ansiedade tem excesso de energia mental e física. Rege a cabeça e a expressão “cair de cabeça na vida” deixa claro que os arianos podem ser intensos em tudo o que fazem. Enxaquecas e insônias são comuns, assim como acidentes, quedas e tombos. Muitos arianos vivem se machucando porque são apressados. A ansiedade fica na esteira ou na corrida no parque. Sentem-se mais equilibrados se o corpo está quente e a alma motivada. O melhor remédio é a ginástica.

Touro – Com voz bonita e talentos artísticos, Touro rege a garganta. Pode ter infecções de laringe e faringe frequentes, o que exige atenção desde a infância. Mas a garganta é por onde desce o alimento que o taurino procura. Então, é preciso tomar cuidado com a gula que traz aumento de peso e suas complicadas consequências. O remédio se chama alimentação moderada, evitando excessos, cortando radicalmente gorduras, frituras e todo tipo de alimento que intoxica ao invés de curar.

Gêmeos – O mestre da comunicação rege os pulmões. A tendência a resfriados e pneumonias é sinal de que não está em equilíbrio. Rinites e alergias são frequentes para o geminiano que não consegue se expressar como gostaria. O nativos de gêmeos precisam de estímulos constantes, ideias novas e muito ar livre e puro. Não pode levar uma vida rotineira ou presa entre quatro paredes. Signo jovial e alegre, precisa de muito espaço para dizer o que pensa! O remédio é a vida social e cultural.

Câncer – Como câncer não digere as mágoas, o estômago é o ponto vulnerável. Gastrites são comuns quando não diz o que sente. Existe uma tendência a herdar problemas de saúde da família. Câncer precisa de um espaço no qual possa colocar para fora o que sente, ao invés de ficar remoendo o passado e criando problemas físicos por sentimentos mal resolvidos. O terapeuta pode ser um laço de confiança para o sensível canceriano que precisa se sentir apoiado. O remédio é uma terapia.

Leão – O corajoso, generoso e nobre leonino é mais tenso do que muitos imaginam. Atrás da pose de rei, existe alguém que se preocupa com as críticas e opiniões das outras pessoas. Leão rege o coração puro e ingênuo, que ama profundamente, mas nem sempre revela esse amor. Para prevenir o infarto, leão precisa de uma vida com muito espaço para o prazer. Momentos de total descontração em que os leoninos possam brincar com a vida e ser um pouco mais criança. O remédio é o lazer.

Virgem – Hipocondríaco e muitas vezes vegetariano, procura tratamentos alternativos porque está sempre com medo de adoecer. Nervoso, Virgem rege os intestinos e precisa estar sempre se organizando na vida, procurando discernir entre o que é realmente importante e o que pode ser eliminado. Mesmo que aparente ser calmo e controlado, Virgem funciona em alta tensão e os exercícios de Yoga trazem calma e tranquilidade para todo o metabolismo. O remédio é a Yoga.

Libra – Rege os rins e tem tendência a fazer pedras. As infecções urinárias podem ser comuns. Libra doa-se por completo nos relacionamentos e, frequentemente, recebe menos. Precisa fortalecer a autoestima e a autoconfiança. Refinado e sofisticado, deve aprender a dar limites para as pessoas. É um processo constante de afirmação da própria identidade que leva ao equilíbrio. É um signo muito delicado e precisa de processos sutis de cura. O remédio é a terapia floral.

Escorpião – O ponto vulnerável de escorpião são os órgãos sexuais e reprodutores, embora alguns tenham também problemas de intestinos. Alguns podem ter tendência à depressão e à melancolia. É um signo que se transforma e se regenera rapidamente. Com grande poder mental, tem um potencial imenso para a felicidade, mas precisa descobrir isso! O remédio é a meditação.

Sagitário – O signo dos centauros tem as pernas como ponto mais frágil. Signo da expansão, associado aos cavalos selvagens, também rege o fígado e nem sempre cuida da saúde, pois gosta de testar seus limites. Cuidar da horta ou caminhar na praia recupera as energias e traz equilíbrio para o signo, que precisa encontrar significado em todos os momentos de sua vida. Ler sobre filosofia nutre a alma e traz paz ao coração. O remédio é o contato com a natureza e as grandes viagens.

Capricórnio – Rege a coluna, dentes e joelhos. Capricórnio é um dos signos do elemento terra. Precisa tomar cuidado para não se tornar rígido como o vasinho de terra seca. Capricórnio precisa de alongamentos, relaxar, tirar férias, libertar-se da lista de preocupações que acumula todos os dias. Deve começar a cuidar da saúde bem cedo, pois a tendência é viver até idade avançada, com lucidez e produtividade. Mas ninguém merece as dores da artrose ou artrite. O remédio é o Pilates.

Aquário – Um signo tenso, nervoso e que descuida com frequência da saúde. Um sistema nervoso delicado. E regem também a circulação, tendo tendência a tromboses. Precisam de uma vida intensa, com viagens e encontros sociais. Com excesso de energia mental e física, nem sempre conseguem entender a origem de tanta ansiedade. É o exercício que promove a disciplina, ajuda a fazer foco e a ter um senso maior de responsabilidade por si mesmo e pelos outros. O remédio é uma luta marcial.

Peixes – Piscianos são pessoas suaves, delicadas e sensíveis. O ponto vulnerável são os pés e têm dificuldades em encontrar sapatos confortáveis para suas “barbatanas”. Absorvem os problemas das pessoas ao redor, como esponja, e acabam se deprimindo. Precisam evitar o excesso de bebida no dia a dia. O remédio é a homeopatia. E também atividades lúdicas como a dança, a fotografia ou a pintura para que o mundo interior se expresse criativamente.