Astro Destino
  • Resposta ao leitor. Signos e relacionamentos. Livre-arbítrio e destino. Áries, Leão, Sagitário e Virgem. Tomada de consciência.

    Hoje, 26/07 – Lua Nova em Leão: Lua Nova em Leão: Não é fácil se construir ou se reconstruir. Sem manual de instrução, pedaço por pedaço. Alguns sonhos ficarão pelo caminho. Outros sonhos virão. Asas de prata ajudam a seguir em novas direções e as cinzas ficam para trás. Você pode nascer de novo. – com base em Hornby e Aberjhani

    *****

    1 – Uma leitora pergunta quais os aspectos que podem apontar num mapa astral que aquela pessoa terá grandes dificuldades na vida amorosa. Bom, existem vários aspectos que podem indicar dificuldades. O mais comum não é o individualismo, mas o excesso de idealização. O fato de se imaginar que possa existir alguém perfeito para começar um relacionamento perfeito e sem nenhum tipo de crise ou dificuldade. Queremos amar e queremos ser amados, mas não queremos atravessar crises ou correr riscos. Então, é preferível ficar de fora, olhando para a vida amorosa sem nos expormos realmente.

    Quando o Nodo Norte ou Cabeça do Dragão cai na casa 5, 7 ou 8, podem existir questões mais complexas, pois o desafio é mesmo o amor, o relacionamento, a transformação através do outro. E se Vênus e Juno estiverem em aspectos fortes com Saturno, Urano, Netuno ou Plutão, ou em aspectos com o Nodo Norte ou ainda, na casa 5, 7 ou 8, os relacionamentos afetivos podem ser a mola para o desenvolvimento pessoal, por frustrações ou por alegrias.

    Não é preciso dramatizar muito. Não é raro que alguém tenha que abrir mão de uma carreira pessoal porque o parceiro afetivo foi transferido para outra cidade. Ou, se converter a outra religião para poder ser aceito na família do outro. Ou, simplesmente, sofrer algum período de dificuldades financeiras porque o parceiro faliu. Ou, situações em que um parceiro acaba abrindo mão da própria carreira para ajudar o outro, que produz e ganha muito, mas não sabe organizar a vida financeira.

    Vejo que existe sempre muita expectativa não somente sobre a vida amorosa, mas também outras áreas da vida como carreira. Acredito que devamos tentar fazer o melhor e esperar o melhor, mas dentro de alguns limites.

    2 – Uma leitora pergunta até que ponto podemos realmente escolher e até que ponto devemos acreditar e aceitar que algumas experiências estão já predestinadas.  Não creio que exista uma resposta definitiva. Vamos fazer especulações e para quem atende com a Astrologia, o que será possível é registrar quando os três planetas trans pessoais trazem eventos que são provas para a nossa força de vontade e quando Saturno e Mercúrio nos oferecem situações onde claramente podemos escolher o caminho a tomar. Ou, quando as duas coisas se misturam. Lidamos com o imponderável, mas podemos escolher agir assim ou assado diante do fato. Em teoria, Urano, Netuno e Plutão representam “forças maiores”, que nos impelem ao desenvolvimento, por situações que nos parecem injustas ou que pelo menos, nos surpreendem e não foram planejadas por nós (na maior parte dos casos). É óbvio que podemos planejar uma iniciação espiritual por Netuno, uma cirurgia por Plutão e uma viagem por Urano. Mas, falo dos trânsitos que trazem rupturas, surpresas e constatações de fatos não planejados, positivos ou negativos. E Saturno e Mercúrio, por serem energias racionais e terrenas, nos oferecem claramente a chance de pensar, pensar e escolher o melhor caminho. Gêmeos, Libra, Capricórnio e Virgem são signos que parecem exercer com mais frequência esse poder de escolha. Ou pelo menos, parecem aceitar e gostar mais da ideia de poder escolher.

    **********

    Aqui, vou falar dos aspectos de 2015, quando Saturno estiver em Sagitário, com Júpiter em Leão e Urano em Áries, no primeiro semestre. Serão três planetas no elemento fogo, associado a boas vibrações, entusiasmo e iniciativa. E no segundo semestre de 2015, quando Saturno voltar a Sagitário em movimento direto e sem mais retrogradação para Escorpião, Júpiter e o Nodo Norte estarão em Virgem. A quadratura Saturno-Júpiter, acontecerá em planetas mutáveis, inteligentes, curiosos, ativos, enérgicos e poderá representar um avanço em várias áreas de conhecimento.

    O primeiro semestre de 2015, parece acender o interesse e o reconhecimento de que temos potência para fazer muito mais do que fazemos. Passamos boa parte de nossas vidas inconscientes do nosso poder. A maior parte das pessoas sempre se queixa que “perdeu muito tempo”, pensando demais ou relutando e postergando o que já poderia ter feito. Mesmo nesse segundo semestre de 2014, os aspectos formados entre Júpiter e Urano, funcionam como uma centelha que acende a vontade de fazer mais! E traz a coragem e o estímulo necessários para ir mais longe. Sabemos que o elemento fogo registra também as guerras e todo tipo de intolerância em relação aos outros que nos são diferentes. Mas, aqui, tentamos fazer a leitura mais “feliz” e possível. Também os aspectos de Marte e Plutão se relacionam com a violência, mas são também presentes nos mapas daqueles que souberam usar sua energia para mobilizar outras pessoas a revoluções “pessoais” no bom sentido. Um aspecto em si não é bom ou mau. É preciso analisá-lo dentro do CONTEXTO do mapa astral, dentro do contexto de nossa história de vida, e saber o modo como o utilizamos, com leviandade ou com sabedoria.

    O elemento fogo é o que nos traz a consciência de quem somos e do que podemos fazer. E quando Saturno estiver em Sagitário, poderá nos mostrar que todo conhecimento que adquirimos, nos transforma, torna-se parte de nós, alquimizado em nosso cotidiano. As guerras, infelizmente, não vão acabar de repente. Independente dos aspectos tensos ou harmoniosos existem interesses que desafiam as estrelas e teorias ou movimentos pela paz. Mas se existir uma consciência cada vez maior do que somos e do que podemos fazer, aos poucos podemos ir nos transformando e ajudando o cenário a nossa volta se transformar também.

    Arianos, leoninos e sagitarianos, terão desafios maiores nesse segundo semestre de 2014 e todo o ano de 2015. O convite é para uma participação ativa, positiva e motivada diante da vida. Menos individualista e mais cooperativa. São signos de ação, brilho, dignidade. São também impulsivos e têm a cabeça quente, sobretudo Áries e Sagitário. Precisam de uma causa para viver e dão o melhor de si. Observando a história pessoal e o grupo de amigos ou os contatos que possuem, conseguirão realizar muito. Virgem terá o mesmo convite a partir do segundo semestre de 2015. E o signo do trabalho, poderá usar a inteligência e sensibilidade (que sempre esconde) para estudar, transmitir conhecimentos, pesquisar com profundidade e criar ideias e projetos que também ampliem a consciência humana.

  • Astrologia Kármica e Mapa de Previsões. Astrologia Mitológica.

    Essa enxurrada de textos sobre Astrologia Kármica é porque um cliente ficou muito dilacerado entre pedir o estudo das previsões para 2014 ou o estudo kármico.  Sugeri a ele que pedisse primeiro a leitura para 2014, Trânsitos, Progressões e Revolução, já que o mesmo está insatisfeito com o trabalho e procurando dar uma virada profissional bem radical.

    A leitura para 2014 e 2015 (procuro ir até pelo menos julho-agosto de 2015) não vai excluir a questão kármica. Embora ele esteja muito ansioso, ele tem uma proposta de vida mais conservadora. A Astrologia não vai pregar que ele se acomode, mas pode sugerir uma transição menos traumática do que pedir demissão, perder todos os seus direitos e não ter  nenhum caminho bem definido em vista.

    Se a proposta do karma fosse mais arrojada, ele poderia se jogar no abismo, tirar um ano sabático e depois pensar o que iria fazer da vida. Mas tem um destino regido por Saturno, é responsável por filhos de um primeiro casamento e ajuda financeiramente o sobrinho e a irmã.

    Então, Saturno cria cenários que o limitam e que exigem que ele faça essa transição com mais lentidão do que gostaria. Mas, aprende com esse planejamento e evita se machucar, se queimar no mercado e prejudicar as pessoas ao seu redor.

    Esse é só um exemplo. No mapa de previsões, as respostas podem ser dadas não somente por Saturno, mas por qualquer outro planeta. Urano pode indicar um caminho dentro de T.I. – tecnologia da informação ou exigir estudos de novos idiomas para dar o pulo profissional mais à frente; Júpiter e Mercúrio pedem viagens frequentes a passeio para tirar o foco do ambiente de trabalho pesado; Plutão confirma que vai existir mudança profissional, mas junto com Vênus, indica que pode existir um remanejamento dentro da própria empresa, numa movimentação horizontal. Enfim, é preciso ver cada planeta, reconhecendo que a batuta do maestro Saturno é quem comanda a situação toda.

    A Astrologia Kármica não é uma Astrologia mágica. O que o cliente descobre na consulta, é o que ele já sabe ou intui. Tem dificuldades nos relacionamentos amorosos, é inquieto nas relações profissionais, é competitivo demais ou o contrário: vive num planeta diferente, cheio de sonhos e fantasias que não consegue trazer para o plano material. Tem uma relação de madrasta e branca de neve com a mãe ou tem um pai que inverteu os papéis e pede ajuda e apoio para quem ainda não fez 18 anos. Ou lida com alguma doença congênita que não o impede de realizar muitos projetos, mas limita algumas experiências.

    A Astrologia Mitológica faz parte da Astrologia Kármica. É outra linha. Pois a India desconhece os deuses gregos. Não há espaço nessa postagem para falar sobre a Astrologia Mitológica. É só mesmo para esclarecer que no momento em que um astrólogo opta por uma linha de leitura, ele será fiel a essa linha. Então, sinastrias, mapas de previsões, todas as abordagens possíveis, são submetidas à visão kármica que acredita que existe um sentido maior para a vida de todos nós.

Back to Top