Astro Destino
  • Sobre os Nodos Lunares – Texto Kármico
    screen480x480

    Um texto para esclarecer a riqueza da leitura dos Nodos e complexidade das estruturas dos mapas:

    Nodo Sul em Peixes na casa 7 – Aqui, existe uma total simbiose com o “outro”, sobretudo se existirem planetas como Vênus, Mercúrio, Marte, Sol e Lua. Existe um processo de “diluição” no outro. Pode existir muito sofrimento e relacionamentos pouco definidos e confusos. O Nodo Norte em Virgem na primeira casa pode ser associado a um processo de “cimentação”, construção da personalidade, com base em critérios, críticas e seletividade. O trabalho, o bom senso, a razão, a disciplina, os cuidados com o corpo e a saúde, são fundamentais nesse tipo de estrutura.

    Nodo Sul em Capricórnio na casa 7 – Aqui, não existe uma diluição da personalidade. Um parceiro não se perde no outro, mas o outro oferece estrutura. Pode ser o caso da pessoa que procura parceiros mais velhos e com experiência de vida ou dinheiro. A segurança “vem do outro”. O Nodo Norte em Câncer na primeira casa é a construção da identidade pelo SENTIR, intuir, o contato com a própria alma, questionando valores e segurança que venham dos outros. Pode atrair pessoas controladoras e tentar se liberar de qualquer postura submissa. A alegria, a espontaneidade, a expressão dos sentimentos, o gostar de si mesmo de modo muito natural.

    Nodo Sul em Aquário na casa 7 – A vida afetiva pode ser turbulenta. Recheada de relacionamentos tumultuados, intensos, mas nem sempre construtivos. Em alguns casos, para que a relação se mostre equilibrada, o parceiro precisa encarnar as energias de Aquário (construtivas). Então, pode ter planetas em Aquário e ser alguém que gosta de tecnologia, gosta de viajar muito, é alegre, jovial! Mas, na maioria das vezes, os relacionamentos são curtos e os parceiros podem ser pessoas com vidas conturbadas. O Nodo Norte em Leão na primeira casa tem que saber se valorizar muito. Encontrar forças em si mesmo (todo Nodo Norte na primeira casa). É um processo (sempre) de autoconstrução, com as cores do signo do Nodo Norte. O Nodo Norte em Leão está relacionado com a dignidade, a integridade, o reconhecimento da sua força “real”. Pode ter posturas muito mais reservadas do que o Nodo Norte em Câncer na primeira casa.

    Nodo Sul em Câncer na casa 9 – Muito comum nos mapas de gurus, professores, pessoas que instruem as outras. É preciso que o Nodo Norte em Capricórnio na casa 3 seja vivido sem fantasias. Capricórnio sempre vai exigir o reconhecimento do que chamamos de “realidade do mundo material”, o que se traduz por limites. Não é um plano muito glamouroso e o que é belo, tem início, meio e fim. É preciso compilar o conhecimento que vem das vidas anteriores e ter uma visão mais prática da vida. Em alguns casos, pode existir total responsabilidade por irmãos, tios ou sobrinhos, considerando que o Nodo Norte em Capricórnio pode também assumir responsabilidades pelos pais.

    Nodo Sul em Áries na casa 9 – Muita independência, fogo duas vezes. O Nodo Norte em Libra na casa 3 precisa desenvolver diplomacia, palavra, gentileza e refinamento. Tudo o que diz respeito a boa comunicação, o que pode levar alguém para o Jornalismo, as Letras, Relações Internacionais, Relações Públicas, o Itamaraty, ou também para as artes, tornando-se escritor, roteirista, ator…O que aparece sobre o Nodo Sul em Áries na casa 9 é a total liberdade de pensamento, ação e movimento.

    O texto kármico é um estudo que explora os Nodos por signo, elementos, regentes, casa, aspectos. É bem mais complexo do que os resumos acima. E, muitas vezes, pela leitura dos Nodos já se compreende o que se pode esperar em várias situações de vida, pois ali está a direção principal da vida daquela pessoa.

  • Tipos astrológicos – Interpretação astrológica
    mandala-negative-blog

    Um leitor perguntou se a Astrologia pode descrever as pessoas classificando-as por “tipos astrológicos”. Ele está estudando Jung e se identificou com a tipologia junguiana. Na linguagem astrológica, é possível fazer com base nos elementos. Mas, sempre considero que esse tipo de generalização guarda certo perigo.

    É verdade que Gêmeos, Libra e Aquário são signos de comunicação e por isso mesmo, são expansivos. Mas, alguns geminianos se assemelham a Libra num certo refinamento e sofisticação. Enquanto outros parecem furacões aquarianos. Áries, Leão e Sagitário sabem se impor vigorosamente, já que vitalidade é uma qualidade do elemento fogo, mas enquanto Áries faz isto de um modo digamos, exagerado, Leão não sai do salto alto. E Sagitário pode dizer alguns ditados esotéricos que você nem vai entender para mostrar sua superioridade.

    Então, é preciso algum cuidado. Como se poderia nomear Touro, Virgem e Capricórnio? Os “cautelosos” do Zodíaco? A ansiedade de Virgem faz com que roa as unhas e acabe batendo na porta antes da hora. E se Peixes e Escorpião podem ser chamados de transgressores, Câncer está bem à vontade no sofá, comendo pipoca e assistindo um filminho água com açúcar.

    Estou aqui falando dos “típicos”, nascidos em cada signo. Já explorei a riqueza e diversidade de cada mapa astral em outras postagens. Falo exatamente das qualidades que podem ser usadas até mesmo para fazer piadas, as características que funcionam como máscaras, os estereótipos. Isto é bem perigoso se desejar fazer Astrologia a sério. Mas, como já explorei bastante a riqueza e a complexidade do mapa astral, não existe risco de ser mal interpretada.

    A desconfiança natural de Virgem aproxima o signo racional do místico Escorpião, que desconfia do mesmo modo. Virgem e Leão são bastante organizados e preocupados com as críticas das outras pessoas, assim como Libra. Sagitário e Aquário amam a liberdade. Sagitário e Peixes se orgulham dos seus dons mediúnicos e não é raro que saiam distribuindo previsões para as outras pessoas, ainda que na festa de batizado do filho do vizinho.

    Aqui, pode ser abordado o signo solar ou a posição dos Nodos. Ou qualquer outro posicionamento que se destaque dentro do mapa. O mais importante num mapa astral, não é ir do mapa para a pessoa. É o movimento contrário: ir da pessoa para o mapa.

    Digamos que um canceriano com a Lua em Escorpião, e o Ascendente em Peixes, não expresse o elemento água se mostrando tímido, sensível e introspectivo ou supersticioso. Ele tem Mercúrio e Vênus conjuntos em Gêmeos e fala pelos cotovelos, além de ter uma vida social intensa. Com o Ascendente em Peixes pode ser um cinéfilo de carteirinha, mas daqueles que depois do filme senta-se com os amigos num bar para discutir o que viram na telinha do cinema. É em cima dessa conjunção MERCÚRIO-VÊNUS que se deve trabalhar. E tentar entender de que modo as outras influências podem ser vivenciadas.

    Não é raro que numa família em que pai e mãe são médicos, os filhos nasçam com vários planetas em Peixes. Podem não seguir a medicina, mas nasceram dentro de um cenário pisciano. Vários planetas em Gêmeos ou Sagitário podem indicar os filhos dos educadores que fizeram Mestrado e Doutorado em outros países. Nasceram e se desenvolveram dentro de uma estrutura que valoriza o conhecimento.

    Por isso, a mente aberta é a porta que leva a uma interpretação correta, positiva, na qual, qualquer teoria é derrubada diante daquilo que está pulsando diante do astrólogo: um ser humano.

  • Resposta ao leitor: Astrologia e Relacionamentos
    Coloring-pages-of-hearts-and-stars

    Os leitores sempre perguntam sobre “o melhor signo” para o parceiro afetivo. Ou, para as amizades. E existem muitas inverdades nesse cenário. Todo signo pode amar e ser amado por qualquer outro. Pois, as conjugações dos signos solares são apenas uma das abordagens das sinastrias. Mesmo os signos que parecem mais distantes entre si, como Aquário e Câncer, ou Touro e Sagitário, podem encontrar afinidades.

    Vejo que muitas pessoas desconsidera os aspectos formados pelos Nodos. Não é raro o Nodo Norte de um parceiro fazer conjunção exata com a cúspide da casa 7 do outro ou com a Lua, por exemplo. Ou, terem os mesmos desafios kármicos, embora colocados no mapa individual de forma diferente. Ela tem o Nodo Norte na casa 8 e ele tem Plutão conjunto ao Nodo Norte. São lições parecidas e que podem gerar sintonia.

    Já escrevi em outras postagens, que alguns aspectos fortes como os dois Ascendentes no mesmo signo (inclusive, conjuntos no mesmo grau) ou a harmonia entre as duas posições da Lua (símbolo de harmonia doméstica), pode ser o bastante para conseguir “segurar” um relacionamento, mesmo que outros aspectos sejam mais dissonantes.

    A postagem não é sobre sinastrias, mas sobre as dificuldades maiores de cada signo para se relacionar afetivamente. E, tais dificuldades podem ser apontadas no mapa, não pelo signo solar, mas por posições planetárias diferentes: posição da Lua, Vênus, Marte, Juno, casa do Sol, planetas colocados nas casas afetivas (5, 7 e 8), aspectos entre eles (exemplo: Marte quadratura Vênus no mapa de um dos parceiros), posição dos Nodos (Nodo Sul na casa 9 marca dificuldades em se vincular) ou excesso de planetas numa determinada casa, como Sol, Lua e Marte na casa 5, o que PODE marcar (ou não), uma certa infantilidade no relacionamento a dois.

    Amar não é o mesmo que se relacionar. São duas experiências completamente diferentes. O poeta ama platonicamente, o casal divide as tarefas com os filhos e não sobra muito tempo para a poesia.

    O Sol em Capricórnio parece buscar relacionamentos duradouros, sólidos e querer constituir família. Mas, se Lua e Marte estiverem conjuntos em Libra e Vênus R em Aquário conjunto a Mercúrio, os conflitos internos começam a aparecer. Pois o elemento AR (Libra e Aquário) precisa de estímulos intelectuais fortes e não suportam a ideia de um relacionamento muito tradicional, que acreditam, mata o amor.

    Libra precisa se relacionar. Mas, com o Nodo Sul na casa 9 (liberdade) e Lua e Marte em Aquário, os relacionamentos podem ser bem mais curtos, passageiros, com base também na troca intelectual, sem que Libra perca a sua individualidade no relacionamento.

    Câncer, considerado o signo das “mãezonas”, pode ser mais intenso e apaixonado com a Lua em Escorpião, Marte e Vênus em Leão. E se Urano estiver em aspecto com Juno, podem existir mais do que um casamento e os cancerianos com tais aspectos podem ser bem livres nos assuntos do coração.

    O inquieto aquariano que tiver Ascendente e Juno em Touro, Lua em Leão, Vênus e Marte em Capricórnio, recebendo aspectos de Saturno, considera o compromisso a dois como inabalável e poderá mostrar uma postura fiel, suportando crises para manter a família que é o pilar de sua vida.

    Existem algumas pessoas que merecem ser chamadas de “típicas”: uma taurina típica, organizada financeiramente, persistente, amante da boa cozinha e dos prazeres, que procura um relacionamento consistente e duradouro. Ou, uma geminiana inquieta, curiosa, jovial, que fez três graduações, fala vários idiomas e quer um relacionamento que seja estimulante a cada minuto, enquanto dure. Ou a canceriana que realmente será “mãe” de todos ou o rapaz canceriano que gosta  tanto de cuidar que seguirá a pedagogia, a psicologia ou será obstetra e ginecologista ou pediatra.

    Mas, encontrar alguém que seja tipicamente o signo solar em todas as áreas da vida, é raríssimo. Além dos aspectos que diluem, dissolvem, pulverizam ou bloqueiam, existe o jogo de Ascendente/Lua e Sol, além da posição da Roda e as regências das casas. Ou seja, tudo é muito mais complexo do que se gostaria. A vida não é um manual e a Astrologia também não pode ser resumida nos manuais que explicam um pouco de um conhecimento muito mais abrangente.

  • Horóscopo Semanal – 28/07 a 03/08 – Lua Crescente em Escorpião a 03 de agosto, domingo, 21 h 50 m
    567

    Mercúrio entra no signo de Leão

    Sol conjunto Júpiter  recebe quadratura de Saturno e trino de Urano

    Vênus oposição Plutão recebe trino de Saturno

    Marte quadratura Sol e Mercúrio recebe trino de Netuno

    Lua Crescente a 03 de agosto, domingo, 21 horas 50 minutos – Fértil, mágica, romântica, intensa.

    Aspectos contraditórios, num céu em que a proposta é o Nodo Norte em Libra. Mas a posição de Urano em Áries revela agressividade e a explosão de violência com que o mundo se depara. Nunca foi muito diferente disso, pois épocas de violência podem ser traduzidas por outros aspectos tensos, que envolvam Marte, Urano e Plutão. E até mesmo, Júpiter pode estar envolvido.

    O mundo viveu poucos períodos de harmonia e paz. Os desafios continuam e com a possibilidade de conexão imediata, a consciência do planeta se expande. Esperança e atitude. Oração, fé e ação. Fazer o que se pode fazer. Entendendo que na maioria das vezes, o que está por detrás de qualquer guerra ou conflito em nome dos deuses ou de uma ideologia diferente, é apenas o desejo por terras, poder, dinheiro, bens, o ouro e a prata, as riquezas que não levamos para o plano superior.

    Tentar criar um ambiente próximo que seja harmonioso, com respeito, sem preconceitos ou hostilidades. Respeitar o que é diferente e ainda tentar aprender com ele. Sempre será possível desde que exista boa vontade.

    Os signos do elemento fogo, Áries, Leão e Sagitário, podem se sentir mais mobilizados a tomar atitudes, ter iniciativas, topar convites ou propor novos projetos. Câncer e Capricórnio continuam se adaptando aos novos tempos e reconhecendo a sensibilidade de cada um. Escorpião, amadurece e começa a estabelecer prioridades, se planeja, descobre que para conseguir usar todo o potencial que possui, é preciso montar estratégias e usar a agenda sem se dispersar. Com um pouco mais de disciplina, se vai mais longe!

    Entusiasmo, vontade, trabalho e esforço. É a fórmula mágica.

    “Felicidade é uma construção a fazer. O alicerce está em ti mesmo. Recorda: terás sempre o que deres de ti.” – Chico Xavier

  • Resposta ao leitor. Signos e relacionamentos. Livre-arbítrio e destino. Áries, Leão, Sagitário e Virgem. Tomada de consciência.

    Hoje, 26/07 – Lua Nova em Leão: Lua Nova em Leão: Não é fácil se construir ou se reconstruir. Sem manual de instrução, pedaço por pedaço. Alguns sonhos ficarão pelo caminho. Outros sonhos virão. Asas de prata ajudam a seguir em novas direções e as cinzas ficam para trás. Você pode nascer de novo. – com base em Hornby e Aberjhani

    *****

    1 – Uma leitora pergunta quais os aspectos que podem apontar num mapa astral que aquela pessoa terá grandes dificuldades na vida amorosa. Bom, existem vários aspectos que podem indicar dificuldades. O mais comum não é o individualismo, mas o excesso de idealização. O fato de se imaginar que possa existir alguém perfeito para começar um relacionamento perfeito e sem nenhum tipo de crise ou dificuldade. Queremos amar e queremos ser amados, mas não queremos atravessar crises ou correr riscos. Então, é preferível ficar de fora, olhando para a vida amorosa sem nos expormos realmente.

    Quando o Nodo Norte ou Cabeça do Dragão cai na casa 5, 7 ou 8, podem existir questões mais complexas, pois o desafio é mesmo o amor, o relacionamento, a transformação através do outro. E se Vênus e Juno estiverem em aspectos fortes com Saturno, Urano, Netuno ou Plutão, ou em aspectos com o Nodo Norte ou ainda, na casa 5, 7 ou 8, os relacionamentos afetivos podem ser a mola para o desenvolvimento pessoal, por frustrações ou por alegrias.

    Não é preciso dramatizar muito. Não é raro que alguém tenha que abrir mão de uma carreira pessoal porque o parceiro afetivo foi transferido para outra cidade. Ou, se converter a outra religião para poder ser aceito na família do outro. Ou, simplesmente, sofrer algum período de dificuldades financeiras porque o parceiro faliu. Ou, situações em que um parceiro acaba abrindo mão da própria carreira para ajudar o outro, que produz e ganha muito, mas não sabe organizar a vida financeira.

    Vejo que existe sempre muita expectativa não somente sobre a vida amorosa, mas também outras áreas da vida como carreira. Acredito que devamos tentar fazer o melhor e esperar o melhor, mas dentro de alguns limites.

    2 – Uma leitora pergunta até que ponto podemos realmente escolher e até que ponto devemos acreditar e aceitar que algumas experiências estão já predestinadas.  Não creio que exista uma resposta definitiva. Vamos fazer especulações e para quem atende com a Astrologia, o que será possível é registrar quando os três planetas trans pessoais trazem eventos que são provas para a nossa força de vontade e quando Saturno e Mercúrio nos oferecem situações onde claramente podemos escolher o caminho a tomar. Ou, quando as duas coisas se misturam. Lidamos com o imponderável, mas podemos escolher agir assim ou assado diante do fato. Em teoria, Urano, Netuno e Plutão representam “forças maiores”, que nos impelem ao desenvolvimento, por situações que nos parecem injustas ou que pelo menos, nos surpreendem e não foram planejadas por nós (na maior parte dos casos). É óbvio que podemos planejar uma iniciação espiritual por Netuno, uma cirurgia por Plutão e uma viagem por Urano. Mas, falo dos trânsitos que trazem rupturas, surpresas e constatações de fatos não planejados, positivos ou negativos. E Saturno e Mercúrio, por serem energias racionais e terrenas, nos oferecem claramente a chance de pensar, pensar e escolher o melhor caminho. Gêmeos, Libra, Capricórnio e Virgem são signos que parecem exercer com mais frequência esse poder de escolha. Ou pelo menos, parecem aceitar e gostar mais da ideia de poder escolher.

    **********

    Aqui, vou falar dos aspectos de 2015, quando Saturno estiver em Sagitário, com Júpiter em Leão e Urano em Áries, no primeiro semestre. Serão três planetas no elemento fogo, associado a boas vibrações, entusiasmo e iniciativa. E no segundo semestre de 2015, quando Saturno voltar a Sagitário em movimento direto e sem mais retrogradação para Escorpião, Júpiter e o Nodo Norte estarão em Virgem. A quadratura Saturno-Júpiter, acontecerá em planetas mutáveis, inteligentes, curiosos, ativos, enérgicos e poderá representar um avanço em várias áreas de conhecimento.

    O primeiro semestre de 2015, parece acender o interesse e o reconhecimento de que temos potência para fazer muito mais do que fazemos. Passamos boa parte de nossas vidas inconscientes do nosso poder. A maior parte das pessoas sempre se queixa que “perdeu muito tempo”, pensando demais ou relutando e postergando o que já poderia ter feito. Mesmo nesse segundo semestre de 2014, os aspectos formados entre Júpiter e Urano, funcionam como uma centelha que acende a vontade de fazer mais! E traz a coragem e o estímulo necessários para ir mais longe. Sabemos que o elemento fogo registra também as guerras e todo tipo de intolerância em relação aos outros que nos são diferentes. Mas, aqui, tentamos fazer a leitura mais “feliz” e possível. Também os aspectos de Marte e Plutão se relacionam com a violência, mas são também presentes nos mapas daqueles que souberam usar sua energia para mobilizar outras pessoas a revoluções “pessoais” no bom sentido. Um aspecto em si não é bom ou mau. É preciso analisá-lo dentro do CONTEXTO do mapa astral, dentro do contexto de nossa história de vida, e saber o modo como o utilizamos, com leviandade ou com sabedoria.

    O elemento fogo é o que nos traz a consciência de quem somos e do que podemos fazer. E quando Saturno estiver em Sagitário, poderá nos mostrar que todo conhecimento que adquirimos, nos transforma, torna-se parte de nós, alquimizado em nosso cotidiano. As guerras, infelizmente, não vão acabar de repente. Independente dos aspectos tensos ou harmoniosos existem interesses que desafiam as estrelas e teorias ou movimentos pela paz. Mas se existir uma consciência cada vez maior do que somos e do que podemos fazer, aos poucos podemos ir nos transformando e ajudando o cenário a nossa volta se transformar também.

    Arianos, leoninos e sagitarianos, terão desafios maiores nesse segundo semestre de 2014 e todo o ano de 2015. O convite é para uma participação ativa, positiva e motivada diante da vida. Menos individualista e mais cooperativa. São signos de ação, brilho, dignidade. São também impulsivos e têm a cabeça quente, sobretudo Áries e Sagitário. Precisam de uma causa para viver e dão o melhor de si. Observando a história pessoal e o grupo de amigos ou os contatos que possuem, conseguirão realizar muito. Virgem terá o mesmo convite a partir do segundo semestre de 2015. E o signo do trabalho, poderá usar a inteligência e sensibilidade (que sempre esconde) para estudar, transmitir conhecimentos, pesquisar com profundidade e criar ideias e projetos que também ampliem a consciência humana.

Back to Top